Já classificado para a final do Campeonato Paranaense por ter vencido o primeiro turno (Taça Dionísio Filho) o Coritiba encerrou sua melancólica participação na Taça Caio Júnior, o segundo turno da competição, com mais uma derrota, a quarta, em cinco partidas. De virada, o Coxa foi batido pelo Cascavel, pelo placar de 2 a 1, resultado que salvou o time do Oeste do Estado do rebaixamento e deixou o Verdão na última posição do Grupo A da Competição.

Depois de um primeiro tempo sem nenhuma inspiração por parte das duas equipes, que deixava bem clara a situação que se encontravam na competição, uma desinteressada e a outra desesperada, o Coxa ainda conseguiu achar um gol, após um pênalti infantil da defesa da Serpente. Aos 23 minutos em uma bola levantada, o juiz marcou pênalti no agarra-agarra dentro da área. Kady cobrou com categoria para abrir o placar.

Na base do desespero, no entanto, o Cascavel chegou à virada no segundo tempo. Graças, também à bola parada. Em cobrança de escanteio, aos 21 minutos, Lucas Tocantins aproveitou o rebote para empatar. Dois minutos depois, em novo escanteio, Wéverton, de cabeça, virou o jogo.

A única vitória no segundo turno da competição foi suficiente para o Cascavel ultrapassar o União na classificação geral e garantir permanência na primeira divisão do Campeonato Paranaense no ano que vem. Além da lanterna do Grupo no returno, o Coxa terminou com pontuação inferior a Atlético, Paraná, Londrina e Maringá, os semifinalistas da Taça Caio Júnior, na classificação geral do campeonato, o que significa que decidirá o estadual fora de casa, seja qual for o adversário.

Related Posts

Facebook Comments