Athletico é eliminado na Copinha

Athletico é eliminado na Copinha

Nesta quarta-feira (12), Athletico Paranaense e América-MG se enfrentaram em Araras (SP) em uma partida válida pela primeira fase de mata-mata da Copa SP de Futebol Júnior. Entretanto, os gols saíram somente na segunda etapa, com o Coelho abrindo o placar com Júlio e depois com o empate de Carlos Eduardo. Por fim, a partida precisou ser definida nos pênaltis e terminou com a vitória do clube mineiro pelo placar de 3×1.

Eventualmente, na próxima fase da Copinha, o América-MG irá enfrentar o vencedor do confronto entre Falcon (SE) e Velo Clube (SP). Os dois clubes se enfrentam também nesta quinta-feira (12), às 18h (horário de Brasília).

Resumo dos 90 minutos

Em primeiro lugar, Athletico Paranaense e América-MG disputaram uma vaga na terceira fase da Copa SP de Futebol Júnior. Com isso, o Furacão passou a primeira metade do jogo buscando o ataque e quase marcou com Renan Viana, mas Cássio defendeu. Entretanto, durante os minutos finais, o Coelho cresceu em campo e fez com que Gabriel Pereira efetuasse brilhante defesa para evitar o gol.

Em contrapartida, o América-MG voltou melhor para a segunda etapa e abriu o placar aos 6 minutos. No lance, após cobrança de escanteio, Júlio subiu mais alto que os zagueiros e cabeceou livre no fundo do gol. Eventualmente, quando o Coelho controlava a partida, Carlos Eduardo acertou um lindo chute no ângulo de fora da área e empatou para o Furacão.

Após o apito final do árbitro Rogério Fernando Alves Junior, a partida precisou ser decidida nas penalidades máximas. Portanto, com o placar de 3×1, o América-MG avança para a terceira fase da competição e irá enfrentar o vencedor entre Falcon e Velo Clube.

Athletico Paranaense 1 x 1 América-MG

Primeiramente, o Athletico Paranaense iniciou a partida com um grande volume ofensivo dentro dos primeiros minutos. Entretanto, foi o América-MG quem teve a primeira grande chance em uma cobrança de falta, mas a defesa afastou.

Logo depois, o Furacão avançou suas linhas de marcação e dificultou a saída de bola do América-MG. Em seguida, aos 9 minutos, Willian Jesus subiu pelo lado esquerdo e arriscou, mas o goleiro Cássio fez fácil defesa. Além disso, aos 15′, o rubro-negro passou perto de abrir o placar depois que Renan Viana partiu em contra-ataque e viu novamente o goleiro salvar sua equipe.

Nesse ínterim, a partida da metade da primeira etapa, o América-MG passou a se soltar mais dentro das quatro linhas. Desse modo, o Coelho passou perto de marcar em duas oportunidades: a primeira quando Gabriel Pereira precisou socar a bola para longe a segunda depois que o goleiro aplicou excelente defesa após o chute de Ighor Gabryel.

Segundo tempo

Em contrapartida, após o reinicio da partida, foi o América-MG quem voltou melhor e por isso, abriu o placar logo no início. No lance, aos 6 minutos, o Coelho teve uma chance em cobrança de escanteio e a bola sobrou para Júlio subir mais alto que os adversários e cabecear livre para marcar.

Após o gol sofrido, o Athletico Paranaense passou a montar uma blitz ofensiva na área adversária, mas a defesa estava atenta e evitava as chances de perigo. Com o passar do tempo, o camisa 10 Danielzinho, começou a aparecer com mais frequência no ataque e dificultava a marcação mineira.

Eventualmente, o América-MG teve uma nova oportunidade de ampliar o placar, mas Vinicius foi fominha e não tocou a bola para Diogo, que estava livre de marcação. Próximo dos 30 minutos do segundo tempo, a partida já contava com mais de 30 faltas, deixando assim, o jogo muito truncado.

Porém, ao mesmo tempo que o Coelho controlava a partida, o camisa 5, Carlos Eduardo, acertou aos 34 minutos, um lindo chute de fora da área e marcou o gol de empate do Furacão. Com isso, a partida estava se encaminhando para as penalidades máximas.

Após o empate, o rubro-negro se lançou de vez ao ataque e passou perto da virada depois da boa defesa de Cássio em cobrança de falta de Iago. Por fim, perto do apito final, Kanté arriscou um foguete de longe e assustou o goleiro Gabriel Pereira, que apenas ficou olhando e torcendo para a bola não entrar.

Penalidades máximas

Após o apito final, para definir qual clube avançaria para a próxima fase da Copa SP de Futebol Júnior, a partida foi encaminhada para a cobrança de pênaltis:

CAP: Renan Viana – Perdeu (0x0).
AME: Theo – Perdeu (0x0).
CAP: Léo Costa – Perdeu (0x0).
AME: Marquinhos – Gol (0x1).
CAP: Marcos Vinicius – Gol (1×1).
AME: Rodolfo Moisés – Gol (1×2).
CAP: Iago – Perdeu – (1×2).
AME: Júlio – Gol – (1×3).

Por fim, após o Furacão perder três cobranças e o zagueiro Júlio, do América-MG, acertar sua tentativa, o Coelho vence o Athletico Paranaense pelo placar de 3×1 e avançar para a terceira fase da Copa SP de Futebol Júnior.

FICHA TÉCNICA

Athletico Paranaense x América-MG
Local
: Estádio Hermínio Ometto, Araras-SP.
Data: 12 de janeiro de 2021 (quarta-feira).
Horário: 15h (horário de Brasília).
Arbitragem: Rogério Fernando Alves Junior (SP) apita a partida. Entretanto, ele conta com o auxílio de Samuel Augusto Vieira Paião (SP) e Izabele de Oliveira (SP). Por fim, Humberto Jose Junior (SP) é o quarto árbitro.

Athletico Paranaense: Gabriel Pereira; Murillo (Iago), Dourado, Arthur Zanella (Kauã) e Willian Jesus (Léo Costa); Carlos Eduardo, João Vitor Tavares e Danielzinho (Marcos Vinicius); John Mercado, Emersonn (Vitor do Carmo) e Renan Viana.
Técnico: Pablo Fernandez.
Gol: Carlos Eduardo.
Cartões amarelos: Emersonn e Renan Viana.

América-MG: Cássio; Júlio, Pedro Michanoski, Rodolfo Moisés e Kevyn; Jurandir, Kanté e Vinicius (Theo); Ighor Gabryel (Diogo), Mateus Henrique (Mateus Pan) e Adyson (Marquinhos).
Técnico: William Batista.
Gol: Júlio.
Cartões amarelos: Júlio e Marquinhos.

Related Posts

Facebook Comments