Após a derrota por 79 a 64 para o CR Vasco da Gama na 3ª partida da final, a equipe do Campo Mourão Basquete treinou no Ginásio de São Januário para o 4º confronto da final da Liga Ouro de Basquete (divisão de acesso ao NBB) que será realizado nesta terça-feira (07/06) as 19h30.

Em caso de vitória da equipe paranaense, o título fica com Campo Mourão, terminando a série melhor de 05 partidas e conquista uma vaga no Novo Basquete Brasil. Já em caso de derrota será realizada uma quinta partida em Campo Mourão.

Após primeira vitória carioca na decisão, CR Vasco da Gama e Campo Mourão Basquete voltam a medir forças pelas Finais da Liga Ouro 2016. O Jogo 4 da série ocorrerá novamente no Rio de Janeiro (RJ), às 19h30, desta terça-feira (07/06), e terá mais uma vez transmissão ao vivo via Facebook. Um triunfo vascaíno empata o confronto e o leva até a quinta e última partida. Já um resultado positivo por parte dos paranaenses encerra a competição e dá o título ao time.

Mais uma vez o Vasco vai para o tudo ou nada na decisão da Liga Ouro. Não pode ser diferente. A uma derrota de ver seu sonho acabar, o torcedor cruzmaltino conta com a experiência e força de seu elenco para poder ver as Finais indo ao Jogo 5. A última performance da equipe deu muita luz e esperança aos fãs do Gigante da Colina.

No Jogo 3, o cruzmaltino fez um inicio de partida arrasador, fundamental para o resultado final do duelo. Com muita intensidade defensiva e comandados pela dupla de armadores Palacios e Hélio, que somaram 13 pontos na parcial, os cariocas fizeram um período praticamente perfeito e abriram vantagem. Com 13 pontos à frente no inicio do terceiro quarto (40 a 27), a equipe carioca encaminhou de vez a vitória no período. Com grande participação coletiva ofensiva e defensivamente, o elenco comandado por Christiano Pereira venceu o time paranaense por 24 a 13 na etapa e só teve o trabalho de administrar o duelo na reta final.

A dupla de armadores (Palacios e Hélio) foi um dos pontos fundamentais no triunfo vascaíno. Únicos atletas do elenco a superar os 30 minutos dentro de quadra, os dois ditaram o ritmo cruzmaltino no duelo e saíram como cestinhas da equipe, com 16 para o argentino e 15 para o brasileiro.

“Com dois armadores em quadra facilita um pouco a organização do time. Ainda mais contra uma equipe como Campo Mourão, que pressiona muito a bola, atua com defesa alta, subindo e pressionando. Tem muitas equipes jogando desta forma, não é novidade. Na última partida encaixou, conseguimos abrir a quadra. Claro que sozinhos não conseguiríamos nada. O mais importante foi a grande exibição do time e temos que atuar assim na terça-feira”, afirmou Hélio.

Hélio, do Vasco

Com 15 pontos no Jogo 3, Hélio foi um dos principais responsáveis pela bela atuação vascaína e primeira vitória da equipe na série (Luiz Pires/LNB)

Com rendimento muito abaixo das duas partidas anteriores, durante grande parte do Jogo 3, mais uma vez o Campo Mourão fez um bom quarto período e chegou a esboçar uma reação, mas já era tarde demais. Os destaques do time paranaense neste domingo foram Milton Garner, com 15 pontos e três rebotes, e Vinícius Teló, que anotou dez tentos e pegou quatro sobras.

Nos dois jogos anteriores, ambos em Campo Mourão (PR), a história foi diferente. Os confrontos primaram pelo equilíbrio durante os três primeiros quartos e a força mourãoense demonstrada na etapa final.

No primeiro duelo, as duas equipes terminaram empatadas ao fim do terceiro quarto. Com uma defesa intensa e Vinícius Teló e Alexey inspirados, com 11 e nove pontos na parcial, respectivamente, os donos da casa bateram a equipe carioca por 28 a 13 na etapa final e saíram na frente na decisão, na vitória, por 89 a 74.

No Jogo 2 a história não foi diferente. Perdendo por um ponto no começo do quarto final, mais uma vez os donos da casa foram superiores e levaram a segunda vitória na série. Comandados pelo quarteto Alexey, Garner, Teló e Ted, que juntos anotaram 19 pontos na parcial, e empurrados por sua torcida, o Campo Mourão bateu o Vasco, por 21 a 15, na etapa, e ampliou sua vantagem nas Finais da Liga Ouro 2016, com o triunfo, por 77 a 72.

Andrézão, do Campo Mourão

Nos dois primeiros jogos da série, o Campo Mourão mostrou sua força no quarto período e abriu 2 a 0 (Luiz Pires/LNB)

Com isso, mesmo com a derrota no último domingo, a equipe paranaense continua em uma condição favorável na série. O elenco comandado por Emerson de Souza precisa de uma vitória, nas duas partidas que restam, para alcançar o título da Liga Ouro 2016 e ter o direito de pleitear uma vaga no NBB CAIXA 2016/2017.

Caso a vitória fique com os mandantes, a série voltará para a cidade paranaense para o Jogo 5, no Ginásio de Esportes JK, no próximo domingo (12/06), às 19 horas (de Brasília), também com transmissão ao vivo via Facebook.

Confira o calendário completo das Finais da Liga Ouro 2016:

– Campo Mourão Basquete (1º) 2 x 1 CR Vasco da Gama (2º)

Jogo 1 – Campo Mourão 89 x 74 Vasco
Jogo 2 – Campo Mourão 77 x 72 Vasco
Jogo 3 – Vasco 79 x 64 Campo Mourão
Jogo 4* – 07/06 (terça-feira), às 19h30, no Ginásio Vasco da Gama, no Rio de Janeiro (RJ) – ao vivo no Facebook
Jogo 5* – 12/06 (domingo), às 19 horas, no Ginásio de Esportes JK, em Campo Mourão (PR) – ao vivo no Facebook

Related Posts

Facebook Comments