Em função do acidente entre Marcos Mocelin, que morreu no domingo (13), e César Chimin, a 1ª etapa do Campeonato Metropolitano de Marcas de Cascavel praticamente não existiu. Apenas a primeira bateria da categoria Turismo 1.600 foi cumprida na sua totalidade.

Com isso, o campeonato começará pra valer nos dias 2 e 3 de abril, quando serão realizadas as duas baterias restantes das categorias Turismo, Marcas A e B, além de toda a programação da segunda etapa.

Mas os treinos e o pouco de corrida do último dia 28 permitiram perceber que alguns pilotos vão dar o que falar nesta temporada. Além de investir em seus carros, eles melhoraram muito tecnicamente.

Na categoria Turismo, André Soffa, de Marechal Cândido Rondon, desponta como grande favorito ao título. Mas outros nomes como César Cortina e Richard Valandro, que correram em dupla, e Juliano Silva deixaram claro que não estão para brincadeira. Felipe Carvalho é o estreante do ano na categoria.

Já na categoria Marcas B o duelo será de gigantes. Anderson Portes largou na pole e vencia até a prova ser suspensa em função do acidente. Seu Ford Ka estava “voando” na pista.

Caíto Carvalho, que conta com a assessoria técnica do experiente André Bragantini, mostrou grande evolução técnica e o carro está bem melhor do que no ano passado. Marcelo Beux também se mostrou muito competitivo e fez uma série de melhorias no carro.

Outro que está pilotando cada vez melhor é Lorenzo Massaro. Odair dos Santos está mais à vontade na categoria e surge como um dos cotados a brigar pelo título. Já Vinicius Koppenhagen Fagundes, vice-campeão do ano passado, depois de ser segundo em todas as etapas, estava novamente em segundo na prova suspensa e diz que este ano seu objetivo é o título.

(Com informações da coluna Bandeirada)

Related Posts

Facebook Comments