Copa HB 20 abre segunda metade no Velocitta

Copa HB 20 abre segunda metade no Velocitta

Em sua segunda temporada no automobilismo brasileiro, a Copa Shell HB20 volta a sentir um gostinho de estreia neste fim de semana. Os mais de 30 carros da categoria apoiada pela Hyundai disputarão pela primeira vez duas vitórias no circuito do Velocitta, em Mogi Guaçu, a 180 km de São Paulo, ao lado da Stock Car e da Stock Light.

O traçado de 3.493 metros é, junto com Interlagos, o mais técnico de todo o calendário, tanto que, para que os pilotos cheguem com noções básicas para o primeiro treino livre da sexta-feira, a HRacing, organizadora da Copa Shell HB20, proporcionou aos que puderam participar uma clínica de pilotagem no próprio circuito no início deste mês.

“Por ser uma pista nova para a maior parte do grid, fizemos um treino livre no início do mês para que eles conheçam mais sobre o traçado, que é muito técnico e demanda bastante. Fazia tempo que a gente não tinha uma etapa onde muitos partirão do zero. Isso enche a gente de expectativa para duas grandes corridas”, comenta Daniel Kelemen, CEO da HRacing.

Para o campeonato, o Velocitta pode dar uma chacoalhada na tabela de pontos tanto na Pro quanto na Super. Na Pro, Diego Ramos segue liderando com 87 pontos, contra 78 de Edgar Favarin, um dos destaques da última etapa em Londrina, vencendo as duas corridas, com André Bragantini (68), Raphael Abbate (63) e a dupla Luciano Viscardi/Thiago Riberi (60) firmes na briga.

“A expectativa é grande, é uma pista que gosto bastante. É um circuito muito técnico, andei muito bem lá. Acredito que vai dar tudo certo e vou brigar pela vitória e para manter a liderança do campeonato”, comenta Ramos, que é um dos pilotos mais jovens do grid, com 18 anos de idade, contrastando com os 56 de Favarin.

Na Super, é a vez de Keka Teixeira, o novo líder do campeonato, ser a “vidraça” com 96 pontos, seguido muito de perto por Edgar Colamarino, apostando na regularidade, e Antonio Junqueira, que foi um dos nomes da categoria em Londrina. Mais atrás, os irmãos Rafael e Leonardo Reis (63) e Diego Vallini/Alexandre Canassa vêm em franco crescimento. Neste fim de semana, veremos a estreia da dupla Dario Cruvinel/Luiz Fernando Porto, que substituirá Luiz Cordeiro, impossibilitado de correr por compromissos particulares.

O formato do fim de semana segue os moldes tradicionais, com três treinos na sexta, um no sábado, que também recebe a classificação (11h) e a corrida 1 (14h50), enquanto no domingo acontece a prova final (9h30). A tomada de tempos e as duas corridas serão transmitidas ao vivo no canal do Acelerados no YouTube e no Facebook da Copa Shell HB20.

Confira abaixo a programação, a lista de inscritos e os melhores em cada categoria.

Sexta-feira, 16 de outubro
10h25 – Treino Livre 1
12h55 – Treino Livre 2
15h00 – Treino Livre 3

Sábado, 17 de outubro
08h00 – Treino Livre 4
11h00 – Classificação (Transmissão Acelerados/Facebook)
14h50 – Corrida 1 (Transmissão Acelerados/Facebook)

Domingo, 18 de outubro
09h30 – Corrida 2 (Transmissão Acelerados/Facebook/Band Sports)


Lista de Inscritos
#05 – Edgar Colamarino (Super)
#06 – Luiz Filho/Fabio Albuquerque (Super)
#09 – Cassio Cortes (Pro)
#11 – Luciano Viscardi/Thiago Riberi (Pro)
#13 – Marcelo Zebra (Super)
#15 – Bruno Testa (Pro)
#18 – Daniel Nino (Pro)
#20 – Raphael Abbate (Pro)
#21 – Marcus Indio (Super)
#22 – Edson Reis (Super)
#27 – Romulo Molinari (Super)
#33 – Eduardo Doriguel/Alberto Cattucci (Pro)
#39 – Dario Cruvinel/Luiz Fernando Porto (Super)
#41 – Lucas Bornemann (Pro)
#67 – André Bragantini (Pro)
#70 – Kleber Eletric (Pro)
#71 – Alexandre Canassa/Diego Vallini (Super)
#74 – Odair Paraguai/Edgar Favarin (Pro)
#77 – Beto Cavaleiro (Pro)
#84 – Thiago Sansana (Super)
#99 – Rafa Maeda (Super)
#111 – Leandro Parizotto (Super)
#113 – Diego Ramos (Pro)
#117 – Thaline Chicoski/Pedro Perdoncini (Super)
#161 – Antonio Junqueira (Super)
#177 – Keka Teixeira (Super)
#197 – Luiz Sena Jr. (Pro)
#222 – Marcelo Juba Giarreta (Super)
#300 – Lula Albuquerque/Marcos Ramos (Super)
#329 – Rafael Reis/Leonardo Reis (Super)
#343 – Chris Bornemann (Pro)

Os dez melhores da Pro
1. Diego Ramos, 87
2. Edgar Favarin, 78
3. André Bragantini Jr., 68
4. Raphael Abbate, 63
5. Luciano Viscardi/Thiago Riberi, 60
6. Luiz Sena Jr., 51
7. Beto Cavaleiro, 47
8. Alberto Cattucci, 41
9. Odair dos Santos, 38
10. Bruno Testa, 38

Os dez melhores da Super
1. Keka Teixeira, 96
2. Edgar Colamarino, 89
3. Antonio Junqueira, 87
4. Rafael Reis/Leonardo Reis, 63
5. Diego Vallini/Alexandre Canassa, 51
6. Marcus Indio, 42
7. Romulo Molinari, 39
8. Rafael Maeda, 34
9. Thiago Sansana, 31
10. Marcelo Zebra, 31

Related Posts

Facebook Comments