Copagril passa sufoco mas garante vaga

Nenhum torcedor do Copagril esperava passar por esse sufoco jogando em casa contra o Floripa. A torcida compareceu em peso, lotou o Ginásio Ney Braga e fez uma linda festa para apoiar a equipe rumo às Semifinais. Mas do outro lado tinha o Floripa, que já havia eliminado o último campeão, a ACBF, e estava disposto a eliminar também o time de melhor campanha na competição e invicto em casa.

Logo no início de jogo, o Floripa abriu o placar com Vini. O time da casa, jogando pelo empate, foi pra cima do adversário, que se fechava bem e explorava os contra ataques com perigo. E assim, chegou ao segundo gol, também com Vini. A partida foi para o intervalo com o Floripa vencendo.

Na segunda etapa, de tanto pressionar, o Copagril diminuiu com Eduardo Jabá. Porém, na saída de bola, em um lançamento de Djony, Carlinhos ampliou novamente para os visitantes. Era tudo ou nada para o time paranaense e usando o goleiro linha, buscava o gol. Em uma dessas tentativas, Vini interceptou um passe e chutou direto para o gol, marcando o terceiro dele no jogo e o quarto para o Floripa, definindo assim o placar no tempo normal e levando a disputa para a prorrogação.

Durante a prorrogação, as duas equipes tiveram muita cautela. Por um lado, o Copagril mantinha a posse de bola mas sem muito perigo ao gol adversário. Do outro lado, o Floripa se defendia bem, cadenciava o jogo e continuava explorando os contra golpes, e em uma bela jogada de Bynho abriu o marcador, colocando o time catarinense na próxima fase. O Copagril, empurrado pela torcida, foi pra cima com tudo e em um chute desviado na defesa do Floripa, Parrel aproveitou e empatou no fim da segunda etapa. Rumo as penalidades!

Os cobradores de ambas equipes estavam com a pontaria afiada e foram marcando um gol atrás do outro. O Floripa iniciou as cobranças e Vini, Rafa, Guina, Carlinhos e Jedson marcaram. Deivd, Gustavinho, Cris Negão, Cristian Alfinete e Parrel fizeram para o Copagril. O goleiro Djony, até então um herói dentro da partida, com uma apresentação de gala, foi para a cobrança, arriscou um chute no meio e Dalton, goleiro do Copagril, defendeu. A última penalidade do Copagril ficou nos pés de Eduardo Jabá que não desperdiçou e decretou a classificação do time paranaense para as Semifinais da LNF2016.

Agora, como time de melhor campanha na competição, irá enfrentar o Magnus com a vantagem de decidir em casa no segundo jogo.

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *