Em um jogo equilibrado, com muitas chances de gol e polêmica nos critérios de arbitragem, o Atlético Mineiro venceu o Atlético por 1 a 0, com gol de pênalti de Robinho, na manhã deste domingo (21), no Independência, pela 21.ª rodada do Brasileirão. O resultado deixa o Galo na vice-liderança, com 38 pontos, e mantém o Atlético, ainda faltando seis jogos para o complemento da rodada, em 7.º lugar.

O único gol da partida saiu após uma jogada individual de Carlos, no primeiro tempo. Na linha de fundo, o atacante deu uma caneta no zagueiro Thiago Heleno, que acabou cometendo o pênalti. Robinho converteu a cobrança aos 40 minutos. Na segunda etapa, o Rubro-Negro criou muitas chances, mas acabou parando na falta de pontaria e nas boas defesas do goleiro Victor. “O nosso time se portou bem. No segundo tempo voltamos de cabeça erguida e tivemos boas oportunidades, mas pecamos”, disse Thiago Heleno. De fato, o Furacão teve, ao menos, seis chances claras de empatar após o intervalo.

O melhor jogador em campo foi Victor. Aos 38 minutos do segundo tempo, o goleiro do Galo fez uma defesa incrível em cabeceio de Thiago Heleno.

O Atlético também reclamou muito de um pênalti não marcado na primeira etapa. Na saída de jogo, o presidente Luiz Sallim Emed criticou a arbitragem com veemência e afirmou não se preocupar com uma possível punição do STJD. “O que está acontecendo com o Atlético é um negócio terrível. O Atlético não teve um pênalti, o cara agarrou a bola e isso não existe. Tem que dar o pênalti de um lado e de outro”, disse.

É a terceira derrota seguida do Atlético, que ainda se vê imerso em uma crise de bastidores, com a saída do atacante Walter, o afastamento do meia Vinícius e o desligamento do diretor de futebol Paulo Carneiro.

O Furacão ainda teve que lidar com oito desfalques. Além do goleiro Weverton, que volta da seleção olímpica nesta tarde de domingo (21), o lateral Léo, os volantes Otávio e Hernani cumpriram suspensão. O zagueiro Paulo André, o volante Deivid, o meia Nikão e o atacante Pablo estão no departamento médico.

O Atlético volta a campo no próxima quarta-feira (24) contra o Grêmio, na Arena da Baixada, abertura das oitavas de final da Copa do Brasil. Pelo Brasileirão, recebe o Botafogo na próxima segunda-feira (29), em casa.

Related Posts

Facebook Comments