O Fluminense é campeão da Primeira Liga. O título foi conquistado nessa quarta-feira (dia 20) com a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético Paranaense, em Juiz de Fora (MG). Com o resultado, o time paranaense segue “na final”, pois não vence um título desde 2009, quando ganhou o Paranaense pela última vez.

Pelo título, o Fluminense recebe o prêmio de R$ 500 mil. O vice, o Atlético, fica com R$ 120 mil.

O técnico Paulo Autuori completou dez jogos no Atlético, agora com 5 vitórias, 2 empates e 3 derrotas.

Autuori não tinha o Léo, suspenso, e Cleberson, lesionado. O Fluminense estava sem Fred, suspenso. Os dois times começaram no esquema tático 4-2-3-1.

O jogo foi equilibrado, mas com o Fluminense superior na maior parte do jogo. O Atlético viveu bons momentos na partida e perdeu o título em um contra-ataque.

O Atlético teve 52% de posse de bola, 15 finalizações (3 certas), 90% de precisão nos passes e 3 escanteios. O Flu somou 14 finalizações (6 certas), 89% nos passes e 9 escanteios.

Os dois times adotaram estilo semelhante, tentando pressionar a saída de bola adversária e controlar o meio-campo. O Fluminense foi melhor nos primeiros 20 minutos e o Atlético, nos 15 minutos finais do primeiro tempo. O time carioca criou mais na primeira etapa, mas a melhor chance foi para o Furacão – um chute no travessão, de Vinícius, aos 37 minutos.

O segundo tempo começou com esse mesmo cenário de equilíbrio entre os dois times. Aos 19, duas substituições no Flu. Saíram o atacante Osvaldo e o meia Gerson. E entraram o atacante Marcos Junior e o volante Edson. Com isso, Cícero passou de volante para meia-centralizado.

Aos 28, a primeira troca no Atlético. Saiu o meia-armador Vinícius e entrou o meia-atacante Pablo. Aos 32, troca de um volante por outro: Otávio por Deivid.

O jogo era equilibrado, mas o Fluminense fez o gol em um lance esporádico. Depois de um chutão para o círculo central, Paulo André perdeu a dividida para Magno Alves. Marcos Junior recebeu nas costas de Sidcley, partiu livre e tocou na saída de Weverton.

Aos 37, entrou o centroavante André Lima no lugar do volante Jadson.

FLUMINENSE 1 x 0 ATLÉTICO-PR
Fluminense: Cavalieri; Wellington Silva, Henrique, Gum e Giovanni; Pierre, Cícero, Gerson (Edson), Scarpa e Osvaldo (Marcos Junior); Magno Alves. Técnico: Levir Culpi
Atlético: Weverton; Eduardo, Thiago Heleno, Paulo André e Sidcley; Otávio (Deivid), Jadson (André Lima), Marcos Guilherme, Vinícius (Pablo) e Nikão; Walter. Técnico: Paulo Autuori
Gols: Marcos Junior (35-2º)
Cartões amarelos: Jadson (A). Cícero (F).
Árbitro: Sandro Meira Ricci
Público: 23.985 pagantes
Renda: R$ 553.735,00
Local: Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG), às 21h45

 

Fonte: Bem Paraná

Related Posts

Facebook Comments