Dever de casa

Em mais uma boa atuação na Arena da Baixada, o Atlético venceu o Sport por 2 a 0 neste domingo (20), manteve a melhor campanha como mandante no Brasileirão e se aproximou de uma vaga na Libertadores 2017. André Lima e Thiago Heleno, no primeiro tempo, marcaram os gols que garantiram a vitória atleticana.

Com o resultado, o Furacão se mantém no G6 do Brasileiro e pula para a quinta colocação com 55 pontos – ultrapassou o Botafogo, que perdeu para o Palmeiras, somando a mesma pontuação dos cariocas, mas ganhando no número de vitórias: 17 contra 16. Na próxima rodada, o Atlético enfrenta o Corinthians, no Itaquerão, no sábado (26), enquanto o Botafogo enfrenta a Ponte Preta. Se o Furacão vencer o time paulista, fora de casa, estará garantido na Libertadores do ano que vem.

O jogo começou bastante estudado entre as equipes, com o Sport marcando em cima e não deixando espaços para o rápido toque de bola atleticano. Aos poucos, o Furacão tomou a iniciativa do jogo e começou a rondar a área do goleiro Magrão, chegando com perigo pela primeira vez aos 19 minutos, em uma cabeçada de André Lima que saiu pela linha de fundo.

Melhor em campo, o Atlético chegou ao gol aos 22 minutos, no cruzamento de Nicolas que André Lima tentou duas vezes até vencer o goleiro pernambucano e fazer 1 a 0. O Atlético continuou no ataque e em um lance confuso chegou ao segundo gol: na finalização de Pablo na área, Ronaldo cortou a bola com o braço. Na sequência Pablo chutou e Samuel Xavier tirou em cima da linha, mas a arbitragem confirmou o pênalti que Thiago Heleno cobrou forte, no meio do gol, para fazer o segundo do Furacão em campo.

Na etapa final, o jogo ficou aberto e as duas equipes partiram para o ataque. A melhor chance pernambucana foi no chute de Rithely, que Weverton fez grande defesa. Na resposta, o Furacão teve duas grandes chances, primeiro no chute de Pablo e depois na finalização de Hernani, que Magrão salvou o Sport.

Confira quem foram os destaques da partida:

Craque

André Lima

Marcou o primeiro gol do jogo, o quinto dele no Brasileiro deste ano, e foi presença constante no ataque atleticano, levando perigo ao gol defendido por Magrão.

Bonde

Diego Souza

Teve uma atuação apagada em campo, sem incomodar o sistema defensivo atleticano.

Guerreiro

Hernani

Mais uma vez teve presença de destaque, armando jogadas no contra-ataque. Quase marcou o seu no segundo tempo.

Gols

1º tempo

1 x 0 (21 min) – Nicolas faz bom cruzamento na área, André Lima finaliza, Magrão defende, e no rebote o próprio André Lima manda para o fundo das redes para abrir o placar.

2 x 0 (33 min) – Após Ronaldo colocar a mão na bola e cometer a penalidade, Thiago Heleno cobrou forte, no meio do gol, para fazer o segundo do Atlético no jogo.

Chave do jogo

O Atlético impôs o “fator casa”, teve maior posse de bola e apostou no toque de bola para construir o placar favorável. Foi a 15ª vitória atleticana em 17 jogos como mandante no Brasileirão.

Cartões

Amarelos: Ronaldo, Rithely (Sport)

Próximos jogos:

Atlético: Corinthians (fora); Flamengo (casa)

Sport: América-MG (fora); Figueirense (casa)

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *