Dinheiro em caixa

Dinheiro em caixa

O Athletico Paranaense venceu por 2 a 0 o Sport, nessa quinta-feira (dia 25) à noite, na Arena da Baixada, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense terminou em 9º lugar, com 53 pontos. A equipe pernambucana ficou em 15º lugar, com 42 pontos.

Antes da rodada final, o Athletico já não tinha chances de chegar ao 8º lugar e, com isso, garantir vaga na Copa Libertadores 2021, mas já estava com vaga na Copa Sul-Americana assegurada. O único objetivo era manter o 9º lugar e, com isso, ter duas vantagens.

A primeira vantagem é não precisar disputar as duas primeiras fase da Copa do Brasil — a 9ª posição garante vaga direto na terceira fase da Copa. A segunda vantagem é a premiação de R$ 19,8 milhões para o 9º colocado. O time paranaense poderia cair até o 12º lugar, que tem prêmio de R$ 14,6 milhões.

O Sport já estava livre do rebaixamento antes da última rodada, mas ainda jogava para garantir vaga na Copa Sul-Americana 2021.

ESCALAÇÃO
As baixas no Athletico eram o técnico Paulo Autuori (Covid-19), além de Thiago Heleno e Richard, suspensos. Márcio Azevedo, Canesin e Lucho González ficaram de fora, todos em recuperação. O esquema tático era o 4-2-3-1 de sempre, com Nikão (direita), Jadson (centro) e Carlos Eduardo (esquerda) no setor ofensivo.

PRIMEIRO TEMPO
O jogo começou com gol, já aos 7 minutos. Christian fez belo passe em profundidade para Kayzer, que deu um tapa para Nikão chutar, livre na pequena área: 1 a 0. Depois do gol, o mandante seguiu melhor e criou mais três boas jogadas – duas com dribles de Carlos Eduardo e uma com Abner. O Sport levou perigo em uma jogada individual de Thiago Neves.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, entraram o volante Erick e o centroavante Bissoli. O 4-2-3-1 foi mantido, com Erick e Christian como volantes. A linha de três ficou com Cittadini (direita), Nikão (centro) e Carlos Eduardo (esquerda). O jogo ficou equilibrado. O Sport marcou um gol com Thiago Neves, mas acabou anulado com ajuda do VAR. A imagem da TV mostra que a arbitragem acertou. O Athletico quase marcou um golaço coletivo aos 12, mas Nikão chutou em cima do goleiro. Aos 32, saiu o volante Christian e entrou o zagueiro Aguilar. O time passou a defender no 5-4-1 e a atacar no 3-4-3. O segundo gol veio aos 40, em belo cruzamento de Khellven e cabeceio perfeito de Cittadini. O centroavante Walter entrou no jogo aos 44 do 2º tempo.

ESTATÍSTICAS
Ao fim do jogo, o Athletico somou 18 finalizações (8 certas), 55% de posse de bola, 85% de acerto nos passes e 8 escanteios. O Sport obteve 15 finalizações (3 certas), 45% de posse de bola, 80% de acerto passes e 5 escanteios. Os números são do site Sofascore

ATHLETICO 2×0 SPORT
Athletic: Santos; Jonathan (Khellven), Pedro Henrique, Zé Ivaldo e Abner; Christian (Aguilar) e Léo Cittadini; Carlos Eduardo (Walter), Jadson (Erick) e Nikão; Renato Kayzer (Bissoli). Técnico: António Oliveira
Sport: Luan Polli; Patric, Maidana, Rafael Thyere (Ewerton), Adryelson e Júnior Tavares; Betinho, Marcão (Gustavo), Thiago Neves e Marquinhos (Luciano); Dalberto (Mikael). Técnico: Jair Ventura
Gols: Nikão (7-1º) e Cittadini (40-2º)
Cartões amarelos: Adryelson (S).
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Local: Arena da Baixada

ARTILHEIROS
Do Athletico no Brasileirão 2020
Jogador Gols (Jogos)
Renato Kayzer 8 (27)
Carlos Eduardo 7 (30)
Cittadini 5 (31)
Vitinho 4 (13)
Abner 3 (34)
Nikão 3 (26)

Related Posts

Facebook Comments