Dirigente agride jogar e mundo do futsal faz nota de repúdio

Dirigente agride jogar e mundo do futsal faz nota de repúdio

O fato aconteceu na última quarta-feira no pátio da Justiça do Trabalho, em Ponta Grossa, Ao chegar para uma audiência contra o Keima Futsal, o jogador Renatinho foi agredido pelo dirigente Tércio Miranda. O relato foi feito pelo advogado do atleta, Itamar Cortez, em um áudio repassado através do WhattsApp. O fato gerou indignação em diversos atletas, ex-atletas, dirigentes e pessoas ligadas ao mundo do futsal que estão assinando esta Nota de repúdio . Até hoje já foram mais de 400 assinaturas.

“Foi algo inesparado, porque assim que chegamos ele (Tércio) já veio para cima do Renatinho e começou a agredí-lo. Estava bastante alterado, tanto que nem deixaram ele participar da audiência”, conta o advogado.

Renatinho entrou com a ação por entender que não foram saldados todos os débitos do período em que atuou pela equipe pontagrossense.

 

Related Posts

Facebook Comments