Keima divulga nota sobre Nota de Repúdio

Keima divulga nota sobre Nota de Repúdio

A assessoria do Keima Futsal divulgou nota na tarde de hoje sobre os fatos que envolvem a divulgação do áudio do advogado Itamar Cortez sobre a possível agressão ao jogador Renatinho e a nota de repúdio gera.

Confira a Nota:

Na última quinta feira (26), foi veiculada uma “nota de repúdio” contra a equipe da Associação de Futsal Ponta-grossense/AFP e divulgado um áudio que fundamentou referida nota.

Há mais de dez anos, o presidente da AFP, Tercio Lucas de Miranda, é responsável pela gestão da equipe de futsal que representa Ponta Grossa.

Nessa trajetória, jamais se prevaleceu desse mister. Não utiliza do time para captação de clientes ou promoção de seus negócios, não possui interesse político, é avesso ao marketing pessoal e nem por isso se intitula o baluarte do esporte na região dos Campos Gerais.

Sua luta é travada dia a dia – superando os obstáculos que o esporte de rendimento e a falta de incentivo impõe -, renunciando seu tempo em prol da equipe, cumprindo fielmente com o pagamento de salários dos atletas, comissão técnica e demais colaboradores. Fato que proporciona momentos de lazer memoráveis no Ginásio Municipal de Esportes Oscar Pereira, executado com o apoio financeiro da iniciativa pública e privada, parceiros e patrocinadores que acreditam no projeto.

Pode-se questionar a sua filosofia, o seu planejamento, as contratações, as decisões tomadas, os erros cometidos, as metas atingidas e àquelas não alcançadas. Porém, jamais alguém saiu ou sairá de Ponta Grossa reivindicando salários atrasados.

Mais de uma centena de famílias tiraram o sustento dessa equipe e não pereceram!

As reclamatórias trabalhistas ajuizadas contra a AFP não versam sobre inadimplência salarial. As “brigas”, travadas somente através das teses jurídicas (algumas questionáveis, que tentam intimidar os próprios patrocinadores), terminam com o amplo respeito às decisões judiciais.

Tércio Miranda é apaixonado pelo futsal e imbuído desse sentimento. Nunca abandonou os seus ideais, a sua bandeira, a sua cidade e o seu propósito de trazer um título estadual para os pontagrossenses.

Ninguém verá o presidente agindo por motivos escusos, ora defendendo a sua bandeira, ora defendendo a bandeira adversária, muito menos por honorários ou promoção pessoal, pois afinal: “Dignidade moral tem como primeira característica o desinteresse” (Immanuel Kant). E é por desinteresse e com paixão que se faz futsal em Ponta Grossa.

São lamentáveis as calúnias e difamações propagadas recentemente, e o presidente da AFP reserva-se no direito de tratar as falsas acusações no âmbito jurídico.

Aos patrocinadores, torcedores e entusiastas do futsal ponta-grossense, fica registrado o compromisso da AFP em seguir fomentando o esporte, sempre respeitando os verdadeiros profissionais.

 

ASSOCIAÇÃO DE FUTSAL PONTA-GROSSENSE

Related Posts

Facebook Comments