Após lutar contra o rebaixamento até as últimas rodadas em 2015, o Coritiba estreia no Brasileirão deste ano neste sábado (14), às 21 horas, no Couto Pereira, contra o Cruzeiro, novamente em clima de tensão e cercado de incertezas.

Após a perda do Paranaense para o Atlético, a diretoria alviverde reconheceu a necessidade de reforços, mas até agora nenhuma cara nova desembarcou no Alto da Glória para o Nacional. Para piorar, o clube vem recebendo sondagens de peças importantes, caso do zagueiro Juninho, que interessa ao Flamengo.

Além disso, a atmosfera de insegurança foi ainda mais agravada após a derrota no meio de semana para o Juventude, pela Copa do Brasil. Cenário que confere peso maior à necessidade de largar na Série A com uma vitória sobre a Raposa para dissipar o sentimento de preocupação que ronda o Alto da Glória.

“Depois da derrota na decisão [do Estadual] voltam as dúvidas, as cobranças”, reconhece o goleiro Wilson, que volta à meta alviverde após cerca de dois meses afastado por lesão no joelho esquerdo. “Mas a gente sabe que o trabalho vem sendo bem feito e que temos de melhorar bastante. No ano passado, tivemos um início ruim no Brasileiro. Esse ano temos de fazer diferente para não corrermos nenhum risco”, reforça.

Entre os jogadores, existe um consenso: o sonho com voos mais altos no Brasileirão passa necessariamente por uma boa campanha no Couto Pereira. Em 2015, o Coxa registrou o quarto pior aproveitamento em casa entre todos os participantes, conquistando só 45% dos pontos como mandante.

“A gente está vindo de três derrotas, isso cria um ambiente chato, ruim no clube. E isso tudo muda a partir do momento em que as vitórias vêm”, analisa o meia Ruy, que também volta à equipe. “A gente já não pode entrar pensando em não cair. Temos de almejar objetivos maiores. Pensar em Libertadores, quem sabe, no futebol pode acontecer de tudo”, reforça.

Além de Wilson e Ruy, o lateral-esquerdo Carlinhos, o volante Alan Santos e o atacante Kléber, poupados contra o Juventude, voltam à equipe. Já o lateral-direito Ceará, o zagueiro Luccas Claro e os meias Juan e Dudu seguem no departamento médico.

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2016/05/13/Esportes/Imagens/Cortadas/05.13 - ficha curuzeiro coxa-kzw-ID000002-1024x1137@GP-Web.jpg 

Fonte: GAzetadoPovo
Foto: Albari Rosa

Related Posts

Facebook Comments