Assim como aconteceu na primeira semifinal entre Corinthians e Aimoré, o favorito e time de melhor campanha na 1ª fase ficou pelo caminho. Neste domingo (16), no Arroio Fundo, a AACC/ Lojas Agropecuárias Copagril venceu o Guarani EC/ Santo Amaro por 2 a 1 e se garantiu em mais uma final da Série Ouro da Copa Cercar/ Sicoob/ Disk Chopp Verde/ Prefeitura de Marechal Rondon de Futebol Amador.

Mesmo jogando em casa e com a vantagem do empate, foi o Guarani quem tomou a iniciativa e criou as primeiras chances com Mané, que errou a cabeçada após belo cruzamento de Djhonatan aos 3’ e fez Maga trabalhar em cobrança de falta aos 18’. Aos 32’, a AACC teve sua grande chance na primeira etapa quando Leandro Lampert derrubou Leandro Tufão dentro da área. A responsabilidade do pênalti ficou nos pés do experiente Fabiano, mas Bocão acertou o canto e fez grande defesa. Nos minutos finais da primeira etapa, Mané apareceu novamente e por duas vezes acertou a rede pelo lado de fora da meta defendida por Maga.

Precisando vencer para ir à final, a AACC voltou pressionando a saída de bola do Guarani na etapa final, e num vacilo do zagueiro Leandro Lampert, aos 12’, Tufão roubou a bola na entrada da área e mandou rasteiro no canto direito de Bocão, que desta vez não alcançou: 1 a 0. Aos 15’, André Marcirio levantou a bola da direita, a zaga da AACC não afastou e Maicon Krein perdeu grande chance dentro da área. Aos 23’, Gedir recebeu lançamento de Gabriel Knapp e bateu rasteiro para boa defesa de Bocão. Aos 26’, Maicon Schaffer arriscou de longe e assustou Maga. A resposta da AACC veio no lance seguinte, quando Tufão chutou forte da entrada da área e a bola passou raspando o travessão. O bom momento da AACC se transformou no segundo gol aos 31’, quando Fernando acertou uma pancada em cobrança de falta da meia-lua que morreu outra vez no canto direito de Bocão.

A situação parecia tranquila para a AACC, mas aos 39’ Gabriel Knapp derrubou Tiaguinho e recebeu o segundo cartão amarelo. Com um homem a mais, o Guarani pressionou e conseguiu descontar aos 44’, com Renan completando na segunda trave o cruzamento da esquerda. Na base do desespero, o time da casa teve sua última chance aos 48’, quando Nicolas arriscou da entrada da área, mas Maga voou bonito no canto direito para fazer uma grande defesa a garantir a AACC na final.

No próximo domingo (23), às 15h15, a AACC enfrenta o Aimoré no estádio Mangold Hansen, na reedição da decisão de 2018, quando o time da Linha São Cristóvão ficou com o título nos pênaltis.

Fonte: OlhonaBola

Related Posts

Facebook Comments