Foi muito mais difícil do que qualquer torcedor poderia imaginar. O Foz Futsal voltou a vencer na Chave Ouro mas tomou um sufoco do lanterna ACF, na tarde deste domingo, no Ginásio Costa Cavalcante, em partida válida pela 11ª rodada. O placar de 4 a 3 reflete bem o aperto vivido pelo time da casa e, talvez, tenha sido injusto com o time de cascavel que teve a maior parte das ações especialmente no segundo tempo.

Antes da partida, a ACF foi surpreendida pelo abandono dos jogadores Murilo e Jean Neguinho, que haviam confirmado a presença no jogo.

Com time completo e o apoio da torcida, o Foz foi para cima e conseguiu abrir vantagem na primeira metade do primeiro tempo, com gols de Dilvo e Augusto, que fez seu primeiro gol no campeonato. Em um lance isolado, Erick marcou contra e descontou para a ACF. Nos últimos trinta segundos de jogo, saíram mais dois gols. Faltando 23 segundos, em jogada ensaiada de cobrança de faltas, Douglas ampliou para o Foz. Quinze segundos depois, Jorginho descontou para a ACF, fechando o primeiro tempo em 3 a 2.

No começo do segundo tempo a ACF foi para cima e começou a pressionar. Em um lançamento da quadra defensiva, Magrão subiu mais alto e escorou de cabeça para igualar o marcador. Douglas reapareceu em quadra e voltou a deixar o Foz em vantagem.

A partir daí, só deu ACF em quadra com muita posse de bola, chutes em gol e lances de muito perigo, mas o time não conseguiu o empate.

Na próxima sexta-feira, a ACF enfrenta a São Lucas, enquanto o Foz Futsal recebe o Toledo.

 

Related Posts

Facebook Comments