Foz vence o Pato e decisão será no sudoeste

A equipe do Pato Futsal perdeu neste sábado (16) para o Foz Cataratas o primeiro jogo das oitavas de final da LNF (Liga Nacional de Futsal), por 5 a 2. Com não tem saldo de gols, o time pato-branquense precisa vencer o jogo de volta, no próximo dia 30, no ginásio de esportes Dolivar Lavarda, para forçar a prorrogação, quando terá a vantagem do empate. O técnico Maneca, com problema de saúde, não foi a Foz do Iguaçu e o Pato Futsal foi comandado por Márcio Borges. O time pato-branquense teve a primeira chance do jogo com Jamur, mas Wolverine Defendeu. O Foz deu o troco com Vini, que chutou e a bola bateu no travessão. Com o apoio da torcida, o time da fronteira passou a pressionar e Daniel Feitosa bateu para fora. O Pato Futsal passou a se encontrar em quadra e Danilo Baron tocou para Jam Guimarães que bateu de primeira, mas a bola foi para fora. Neguinho foi travado ao chutar e no contra-ataque do Foz Vini chutou para a defesa de Di Fanti. O time pato-branquense equilibrou o jogo e num chute de Diego a bola foi para fora. Em seguida, Jamur teve a chance e Canabarro salvou em cima da linha. No contra-ataque, o Foz fez 1 a 0 com Léo Costa. O Pato Futsal sentiu o gol e o time da fronteira seguiu no ataque e ampliou a vantagem com Vini. Robério cometeu falta e recebeu cartão amarelo. O time pato-branquense teve a chance de diminuir com Jam Guimarães e Wolverine defendeu. Em seguida, o goleiro do Foz errou, mas Rodriguinho chutou para fora.

No segundo tempo, o Pato Futsal foi em busca do prejuízo com a entrada de Simi, que no primeiro lance bateu cruzado e a bola foi para fora. O Foz se aproveitou de um erro do time pato-branquense para fazer 3 a 0 com Canabarro. O Pato Futsal puxou um contra-ataque, mas Batalha chutou para fora. Em seguida, Simi finalizou e Wolverine defendeu. O time patobranquense seguiu no ataque e diminuiu com Jamur, 3 a 1. O Foz teve chance em cobrança de falta, mas Léo Evangelista chutou para fora. O Pato Futsal chegou com Batalha e Wolverine defendeu. O Foz estourou o número de faltas e em cobrança de tiro direto Jamur diminuiu, 3 a 2. Mário Borges colocou Jamur como goleiro-linha, mas, em seguida, a arbitragem marcou um pênalti duvidoso para o Foz. Canabarro bateu e fez 4 a 2. Com Jamur como goleiro linha, o Pato errou no ataque e a bola sobrou para Vini fazer 5 a 2. O Pato Futsal volta a jogar quarta-feira (20), em casa, o clássico contra o Marreco, de Francisco Beltrão, pelo Campeonato Paranaense da Série Ouro. O jogo vai começar às 20h30, no ginásio de esportes Dolivar Lavarda.

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *