O gestor da Liga Nacional de Futsal (LNF), Guilherme Silva, o Palhinha, esteve em Francisco Beltrão (PR) no último domingo, 17, para conhecer a estrutura do Cresol/Marreco Futsal, o novato da edição 2016. Ele veio conhecer a diretoria, a comissão técnica, o ginásio Arrudão e a estrutura da Unipar, utilizada pelos atletas para os trabalhos de academia, piscina, exames em saúde e quadra poliesportiva.

“Fico satisfeito em saber que é uma equipe que veio para ficar na Liga Nacional. A gente sabe que é um processo demorado, em que se evolui ano após ano, mas o Marreco quer sempre algo a mais, e isso é muito importante. Eu tenho 20 anos de experiência na competição e estou aprendendo ainda. A equipe de Francisco Beltrão vai, neste ano, aprender a jogar a Liga Nacional, isso é natural”, comenta Palhinha.

“A gente fica muito feliz de ter recebido o Palhinha, pois ainda estamos conhecendo a estrutura da Liga Nacional. Estamos ainda no começo de um projeto, vai ser um ano difícil, pois ainda temos uma estrutura pequena. Mas a intenção é evoluir cada vez mais para, quem sabe um dia, a gente possa até brigar pelo título”, acrescenta o presidente do Cresol/Marreco, Ivo Dolinski.

Related Posts

Facebook Comments