O Atlético Paranaense goleou por 5 a 0 o Dom Bosco, nessa quarta-feira (dia 18) à noite, na Arena da Baixada, na partida de volta da segunda fase da Copa do Brasil. No jogo de ida, em Cuiabá, houve empate em 2 a 2. Com isso, o time paranaense avançou e vai enfrentar na terceira fase da competição a Chapecoense.

Apesar da goleada, o jogo foi marcado por protestos. Primeiro, a torcida organizada Os Fanáticos criticou com gritos a colocação de cadeiras no setor Fan. Essa medida foi uma retaliação da diretoria do clube contra agressões praticadas por integrantes da Fanáticos. O setor sem cadeiras era uma antiga reivindicação da organizada.

No fim do jogo, outro protesto. O atacante Crysan entrou na partida aos 31 minutos do segundo tempo, marcou um gol aos 35 e fez gesto de “silêncio” para a própria torcida. No entanto, a arbitragem anulou o gol. Torcedores ficaram enfurecidos com o jogador e dispararam xingamentos por longos minutos.

Com o placar dessa quarta-feira, o Atlético ampliou sua invencibilidade na nova Arena da Baixada. Desde que foi inaugurada em 2014, o time nunca perdeu nesse local em partidas de mata-mata. Agora são 11 jogos de fases eliminatórias, com dez vitórias e um empate.

O atacante André Lima marcou dois gols na partida e chegou à marca de oito em 2016. Ele é o artilheiro do time na temporada – o vice-artilheiro é o meia Vinícius, com cinco gols. André Lima é considerado reserva de Walter e atuou em 21 dos 26 jogos do clube na temporada. Foi titular em nove partidas e entrou como substituto em 12.

O técnico Paulo Autuori completou 16 jogos no comando do Atlético, agora com 8 vitórias, 3 empates e 5 derrotas.

O Atlético não tinha na partida o atacante Walter, o zagueiro Paulo André, o volante Jadson e o meia Vinícius. Paulo André e Vinícius estão em recuperação no departamento médico. Jadson não renovou empréstimo, que termina em 30 de junho, e deve retornar à Udinese. Walter foi poupado para domingo, contra o Atlético-MG, na Arena, pelo Brasileirão.

Aos 12 minutos, Nikão inverteu o jogo e Hernani fez boa jogada. André Lima saiu na cara do gol e marcou. Aos 30, Marcos Guilherme perdeu grande chance. Ele ficou sozinho com o goleiro e mandou para fora. O segundo gol saiu aos 31. Após belo cruzamento de Sidcley, Pablo cabeceou com precisão. O terceiro veio aos 34. Eduardo colocou na área e André Lima, de cabeça, fuzilou.

No intervalo, o meia Nikão foi substituído pelo atacante Anderson Lopes. O Atlético fez o quarto gol aos 14 minutos. Hernani tabelou com André Lima e chutou com precisão.

Aos 29, Anderson Lopes roubou a bola no ataque e foi derrubado na área. Pênalti. O zagueiro Jean Douglas, do Dom Bosco, foi expulso. Anderson Lopes cobrou e fez o gol.

Aos 31, saiu André Lima e entrou o atacante Crysan. Aos 35, Thiago Heleno foi substituído por Cleberson.

ATLÉTICO 5 x 0 DOM BOSCO
Atlético: Weverton; Eduardo, Vilches, Thiago Heleno (Cleberson) e Sidcley; Otávio, Hernani, Nikão (Anderson Lopes), Pablo e Marcos Guilherme; André Lima (Crysan). Técnico: Paulo Autuori
Dom Bosco: Jefferson; João Lennon, Jean Douglas, Amarildo e Wilson; Natan, Kiko, Felipe Profeta (Valderrama) e Robinho; Pretinho (Naian) e Fernandinho. Técnico: Giani Freitas
Gols: André Lima (12-1º e 34-1º), Pablo (31-1º), Hernani (14-2º), Anderson Lopes (29-2º)
Expulsão: Jean Douglas (29-2º)
Cartões amarelos: André Lima (A).Jean Douglas (DB).
Árbitro: Wanderson Alves de Souza (MG)
Público: 8.213 pagantes
Local: Arena da Baixada

Related Posts

Facebook Comments