Em 2012, o Cresol/Marreco Futsal teve uma temporada turbulenta. A equipe não foi bem no Paranaense e não ganhou a Liga Sul e nem os Jogos Abertos Brasileiros. E durante o ano, dispensou e contratou jogadores de forma equivocada.
E um desses jogadores liberados em 2012 foi o fixo Marcelo Giba, que hoje é o capitão do Alaf, de Lajeado (RS), adversário de hoje à noite do Cresol/Marreco Futsal, às 20h15, pela sexta rodada da Liga Nacional de Futsal (LNF). O jogador, que teve uma rápida passagem por Francisco Beltrão, ergueu a cabeça e seguiu fazendo o seu trabalho.
Em 2013, ele chegou em Lajeado e, depois de três anos, é ídolo da torcida e o capitão do time. É um ala destro que também joga como beque. Tende a dar muitas dores de cabeça hoje à noite, no reencontro com o Marreco.
O Alaf tem ainda jogadores conhecidos do futsal paranaense, como o ala Rodrigo Trentin (ex-Umuarama), o pivô Rodrigo Lopes (ex­Ponta Grossa) e os irmãos Lucas Selbach (ala-esquerda) e Tiago Selbach (pivô). Outro destaque da equipe é Rafinha, atual vice-artilheiro do Campeonato Gaúcho pela Assaf, de Santa Cruz do Sul.

INVENCIBILIDADE
O time do técnico Giba busca a primeira vitória na competição nacional, até agora dentro de casa aconteceram dois empates(Jaraguá/SC e Joinville/SC). Somando uma partida disputada com vitória pelo Gauchão de Futsal, a ALAF segue invicta dentro de casa em 2016.

Para o duelo deste sábado a ALAF só não poderá contar com o ala Dídi que segue se recuperando de lesão no joelho, o restante do grupo está à disposição.

Fonte: JornaldeBeltrão

Related Posts

Facebook Comments