O Operário Ferroviário venceu o Cascavel Clube Recreativo, na noite desta quarta-feira (9), pela partida de ida da final do Campeonato Paranaense da Segunda Divisão. O jogo aconteceu no Estádio Olímpico Regional e terminou 2 a 1.
O Fantasma abriu o placar aos 38 minutos do primeiro tempo, quando Dione chutou para o gol, Enéias defendeu e a bola sobrou para Pedrinho balançar as redes. Na segunda etapa, aos nove minutos, Dione cobrou escanteio e Yuri cabeceou para o gol, ampliando a vantagem do alvinegro.

No fim da partida, aos 43 minutos, o Cascavel conseguiu descontar. A arbitragem marcou pênalti cometido por Tiago Alencar e Louback converteu para os donos da casa.
O Operário iniciou a partida com Simão, Danilo Báia, Yuri, Tiago Alencar, Raphael Soares, Erick, Serginho Paulista, Dione, Gil Paraíba, Pedrinho e Schumacher. No segundo tempo, entraram Índio, Anderson Paraíba e Quirino para saída de Raphael Soares, Schumacher e Pedrinho.
Em entrevista coletiva após a vitória, o técnico Gerson Gusmão avaliou o desempenho da equipe. “Foi um jogo bom, dentro da nossa proposta. Sabíamos das dificuldades que iriamos enfrentar, a equipe adversária joga em casa e tinha que buscar o jogo. Tivemos um início acelerado, mas conseguimos colocar a bola no chão e jogar. O resultado foi satisfatório. Voltar para Ponta Grossa com a vitória é fundamental. Agora nossas atenções estão voltadas para a Série C [do Brasileiro] e aí sim, no domingo, após a partida, voltamos a pensar na Segunda Divisão”.
O Fantasma volta a campo no domingo (13) contra a Tombense, às 16h30, no Germano Krüger, pelo Campeonato Brasileiro da Série C. Na Segundona, alvinegro e Cascavel fazem a partida de volta na quarta-feira (16), às 20h15, também no GK.
FICHA TÉCNICA
Cascavel CR 1×2 Operário
Campeonato Paranaense – Segunda Divisão – Final – Partida de ida
Estádio Germano Krüger – 09/05/18 – 20h15
Cascavel CR: Eneias, Lapa (Vinicus), Roger, Cristiano, Adriano, Jackson, Gilberto, Diego (Rodrigão), Rone, Liniki (Fabiano) e Louback. Téc: Luiz Carlos Cruz
Banco: Vitor, Gabriel, Joordan, Vitorino, Josemar, Daniel, José, Marlon e Alan.
Operário: Simão, Danilo Báia, Yuri, Tiago Alencar, Raphael Soares (Índio), Erick, Serginho Paulista, Dione, Gil Paraíba, Pedrinho (Quirino) e Schumacher (Anderson Paraíba). Téc: Gerson Gusmão
Banco: Matheus, Alisson, Léo e Robinho.
Gols: 1T 38′ Pedrinho, 2T 9′ Yuri (Operário); 2T 43′ Louback (Cascavel)
Árbitro: Robson Babinski
Assistente 1: Jefferson Bassani
Assistente 2: Cristiano Teixeira Lombardi
Quarto Árbitro: Matheus de Mello Gularte
Avaliador: Ronaldo Parpinelli
Delegado: Roberto Assunção de Mello
Público pagante: 202 pessoas
Público total: 233 pessoas
Renda: R$ 3.420,00

Related Posts

Facebook Comments