O Paraná está fora do Campeonato Paranaense. Na tarde deste domingo (25), o time acabou derrotado pelo Londrina por 4 a 2, nos pênaltis, após empate em 1 a 1 na Vila Capanema. A partida era válida pela semifinal da Taça Caio Júnior – o segundo turno do Campeonato Paranaense. A semifinal da Taça é disputada em jogo único, na casa do time de melhor campanha; em caso de empate, a vaga sairia nos pênaltis.

Nas cobranças, Matheus Pereira e Diego perderam para o Paraná. Diego ainda tentou dar uma paradinha, mas mandou a bola nas mãos do goleiro Alan. O Londrina acertou todas as quatro cobranças que executou.

A eliminação do Paraná foi dolorosa também porque o time desperdiçou um pênalti logo após ter sofrido o gol. Diego correu para a bola, deu uma paradinha e acabou chutando por cima.

De consolo, o time da Capital manteve a invencibilidade com o técnico Rogério Micale. Foi o segundo empate em seis jogos com o treinador. Ele também obteve quatro vitórias e ainda não perdeu nenhuma vez.

TABELA

Agora, o Paraná só vai jogar na abertura do Campeonato Brasileiro. No dia 16 de abril, uma segunda-feira, o time enfrenta o São Paulo, no Morumbi.

Enquanto isso, o Londrina vai disputar a decisão da taça Caio Júnior. O adversário será o Atlético, que neste domingo (25) à noite derrotou o Maringá por 5 a 0, na Arena da Baixada. A partida final será nesta quarta-feira (28). O campeão da Taça Caio Júnior decide o Campeonato Paranaense contra o Coritiba, vencedor da Taça Dionísio Filho.

ESCALAÇÃO

O Paraná entrou num 4-2-3-1. O atacante Diego e o lateral Mansur retornaram ao time titular, após cumprir suspensão na quarta-feira (21). Os desfalques eram o zagueiro Néris (dores musculares) e o volante Jhonny Lucas (na seleção sub-20). Entraram Márcio na zaga e Wesely Dias no meio-de-campo.

PRIMEIRO TEMPO

O Paraná demorou algum tempo para se aprumar no campo. Quando conseguiu, perdeu o meia Carlos Eduardo, que sentiu uma lesão na coxa esquerda e deu lugar a Matheus Pereira logo a 17 minutos. O modo de jogar não mudou, nem a marcação alta, mas o Londrina se aproveitou. Lançou várias bolas nas costas da defesa do Paraná e, em uma delas, marcou 1 a 0, gol de Wesley. O Paraná teve chance de empatar num pênalti cometido pelo lateral Roberto. Contudo, Diego cobrou por cima do travessão.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final, o Paraná voltou com uma alteração. Saiu Baez e entrou Vítor Feijão, com a instrução de explorar as jogadas pelos lados. Em 24 minutos, o time conseguiu sete finalizações, mas não aproveitou nenhuma. Até que Micale lançou mão do meia Zezinho no lugar do volante Leandro Vilela. Zezinho teve uma grande chance de empatar, de cabeça, mas perdeu.

O time da casa, apesar da pressão, correu riscos de sofrer mais gols em contra-ataques. Nos últimos minutos, houve uma grande insistência em cruzamentos altos, que não deram certo. O empate saiu em um cruzamento rasteiro de Diego. Vítor Feijão, de carrinho, mandou para dentro, aos 37 minutos. Os 90 minutos se encerraram com 18 finalizações do Paraná (8 certas) e 8 do Londrina (2 certas).

 

PARANÁ 1 x 1 LONDRINA

Paraná: Richard; Alemão, Marcio, Rayan e Mansur; Leandro Vilela (Zezinho), Wesley Dias, Diego, Carlos Eduardo (Matheus Pereira) e Báez (Vítor Feijão); Thiago Santos. Técnico: Rogério Micale

Londrina: Alan; Lucas Ramon, Del’amore, Lucas Costa e Roberto; Lorenzi, Romisson e Thiago Primão (Patrick); Marcelinho (Gustavo Tocantins), Carlos Henrique e Wesley (Anderson Leite). Técnico: Marquinhos Santos

Gols: Wesley (32-1º), Vítor Feijão (37-2º)

Nos pênaltis: Paraná 2 (Alemão e Zezinho; Matheus Pereira e Diego erraram) Londrina 4 (Lucas Costa, Lorenzi, Roberto e Anderson Leite

Cartões amarelos: Leandro Vilela, Marcelinho, Matheus Pereira, Vítor Feijão

Árbitro: Edivaldo Elias da Silva

Local: Vila Capanema, domingo

 

Related Posts

Facebook Comments