“Nosso padrão de jogo não se altera, seja em casa ou fora”. A frase é do técnico Marcelo Martelotte, do Paraná Clube. A resposta é em relação a como a equipe vai se comportar tendo vários desfalques e disputando uma partida fora de casa – contra o Oeste, em Osasco (SP), neste sábado (3), pela 23ª rodada da Série B do Brasileirão.

Martelotte tem usado o esquema 4-2-3-1 desde que assumiu o Paraná Clube. O problema é que ele já não contava com cinco jogadores – o lateral-esquerdo Fernandes, o zagueiro Leonardo, os meias Murilo Rangel e Válber e o atacante Henrique. Na última partida, em que o time derrotou o Sampaio Correa por 1 a 0, na terça-feira (30), ele perdeu também o lateral-esquerdo Rafael Carioca e o volante Claudevan. Eles acabaram vetados pelo departamento médico e nem viajam com a delegação para São Paulo.

Para piorar, o zagueiro/lateral Leandro Silva e o meia Cristian apresentavam dores localizadas, o que levou a comissão técnica a elaborar um trabalho tático específico para que o número de desfalques não aumente. “Esse cuidado é necessário, individualizando o treino e procurando contar com o melhor de cada um na hora do jogo”, disse o treinador.

Por via das dúvidas, Martelotte vai escalar Diego Tavares na lateral-direita. Cristian deve ser mantido no meio-de-campo. Nas posições em aberto após o jogo de terça-feira, o treinador vai colocar Henrique Gelain na lateral-esquerda e Lucas Otávio como volante.

Curiosamente, os números atestam que, em termos de classificação, o Paraná vai melhor quando joga fora de casa. A equipe do técnico Marcelo Martelotte tem a 9ª melhor campanha entre nos visitantes na Série B. Em casa, é a 13ª melhor campanha. No geral, o time está em 13º lugar, com 29 pontos. São 7 pontos de vantagem sobre a zona de rebaixamento, mas 8 de distância da área do acesso. Caso vença, pode subir até cinco posições. “Hoje, nosso foco é o próximo adversário. Vamos trabalhar jogo a jogo, numa campanha de recuperação”, falou o treinador.

O Oeste também tem 29 e aparece em 12º por ter um saldo de gols superior. Mas, em casa, o time treinado por Fernando Diniz (ex-Paraná) é apenas o 15º em termos de campanha.

 

Oeste x Paraná Clube

Oeste

Felipe Alves; André Castro, Bruno Silva e Francis; Daniel Simões, Francisco Alex, Matheus Vargas e Rodolfo; Léo Artur, Marcus Vinícius e Marquinho. Técnico: Fernando Diniz

Paraná Clube

Marcos; Diego Tavares, Alisson, João Paulo e Henrique Gelain; Anderson Uchôa, Lucas Otávio, Nadson, Cristian e Robson; Fernando Karanga. Técnico: Marcelo Martelotte

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)

Local: Estádio José Liberatti, em Osasco, sábado, às 16 horas

Related Posts

Facebook Comments