O Paraná Clube venceu por 2 a 1 o Sampaio Corrêa, nessa terça-feira (dia 24) à noite, em São Luís (MA), pela terceira rodada da Série B. Foi a primeira vitória do time paranaense na competição, que agora está na 11ª colocação, com quatro pontos. A equipe do Maranhão está na última colocação (20º) sem nenhum ponto.

Com o resultado, o Paraná encerrou dois jejuns: três jogos sem vitórias e três jogos sem marcar gols. O Sampaio chegou à quinta derrota consecutiva (três pela Série B).

Os gols foram marcados pelo meia Nadson e pelo atacante Robson. Os dois estão em segundo lugar na artilharia da equipe em 2016, com cinco gols. O goleador é Lúcio Flávio, com nove.

O técnico Claudinei Oliveira completou 22 jogos no Paraná em 2016, agora com 11 vitórias, 5 empates e 6 derrotas.

No total dos 90 minutos, o Paraná teve 48% de posse de bola, 13 finalizações (6 certas), 86% de precisão nos passes e 1 escanteio. O Sampaio somou 17 finalizações (2 certas), 88% nos passes e 1 escanteio. Os dados são do Footstats.

O primeiro tempo começou com domínio do time da casa, que levou muito perigo nos dribles de Pimentinha em cima de Rafael Carioca. O Paraná levou sufoco nos primeiros 30 minutos. A situação melhorou aos 32. Nadson chutou forte, de longa distância. A bola entrou no cantinho: 1 a 0.

Depois do gol, o Sampaio se perdeu em campo e passou a errar demais. O Paraná aproveitou e pressionou, principalmente com chutes de longa distância.

O primeiro tempo ainda teve um lance polêmico, aos 26. Rafael Carioca foi derrubado na área e o Paraná pediu pênalti. O árbitro não marcou.

Antes, aos 18, o Sampaio perdeu o atacante Carlos Alberto, lesionado. Entrou o centroavante Max.

No intervalo, o time maranhense promoveu a estreia do volante Léo Gago (ex-Paraná e Coritiba), que entrou no lugar de Levi.

O segundo tempo começou com o Sampaio melhor. O empate saiu aos 23. Pimentinha recebeu na área e cruzou rasteiro. Felipe Costa completou.

Aos 27, mudança de atacantes no Paraná. Saiu Lúcio Flávio e entrou Robert. Aos 31, troca na lateral-esquerda. Saiu Rafael Carioca e entrou Fernandes.

O gol da vitória veio aos 37 minutos. Valber passou para Robson chutar da pequena área e fazer 2 a 1. Aos 40, Claudinei colocou Basso como volante no lugar do meia Válber.

SAMPAIO CORRÊA 1 x 2 PARANÁ
Sampaio Corrêa: Ruan; Gedeílson, Eli Sabiá, Luiz Otávio e Guilherme Santos; Levi (Léo Gago), Daniel Barros e Pedrinho (Felipe Costa); Pimentinha, Edgar e Carlos Alberto (Max). Técnico: Arlindo Maracanã
Paraná: Marcos; Diego Tavares, Pitty, João Paulo e Rafael Carioca (Fernandes); Anderson Uchôa, Lucas Otávio, Válber (Basso) e Nadson; Robson e Lúcio Flávio (Robert). Técnico: Claudinei Oliveira
Gols: Nadson (32-1º), Felipe Costa (23-2º), Robson (37-2º),
Cartões amarelos: Nadson, Rafael Carioca, Valber (P).
Árbitro: Antonio Santos Nunes (PI)
Público: 2.148 pagantes (3.401 total)
Renda: R$ 26.965,00
Local: Castelão, em São Luís (MA), às 19h15

Related Posts

Facebook Comments