SérieD: Foz empata e classificação fica difícil

Na tarde desse domingo (18), pela penúltima rodada da primeira fase do Brasileiro Série D, o Foz do Iguaçu jogou no Estádio do Vale, contra os donos da casa do Novo Hamburgo, e empatou pelo placar de 1 a 1. O gol foi marcado por Matheus Olavo. O empate foi ruim para o Azulão, que depende de uma derrota do Inter de Lages nessa rodada e precisa vencer o colorado no último jogo. O Foz fecha a primeira fase, no próximo domingo (25), às 18h, em casa.

Os times começaram se estudando e errando muitos passes. O Foz chegou pela primeira vez com perigo num contra ataque, aos oito minutos. O Novo Hamburgo, apesar de estar jogando em casa, não tomava a iniciativa e era bem marcado pelo Azulão. Aos 16′, o goleiro Pablo não segurou a bola numa cobrança de falta, o meia Tiago Ott aproveitou e abriu o placar. O Foz se assustou com o gol e, aos 24′, quase levou mais um, Ricardo Schneider mandou de cabeça direto no travessão. O Novo Hamburgo seguia em cima, estava dominando e buscando o segundo gol. Aos 39′, o Azulão teve uma perigosa falta que Matheus Olavo cobrou direto e não desperdiçou, empatando a partida.

Em segundo tempo equilibrado, times não conseguem marcar gol
Os times voltaram iguais para o segundo tempo e a partida estava bem equilibrada. O Foz tocava bem a bola, e, aos 20′, o jogo seguia equilibrado, com poucas chances de gol para ambas as equipes. Os treinadores zeram substituições no ataque, pois o empate, tanto Novo Hamburgo quanto para o Foz, tiraria as chances de classificação para a segunda fase. Os times precisavam da vitória. Aos 28′, Leo chutou e Alberto tirou o que seria o gol da virada do Azulão. O Foz jogava no contra ataque e tinha mais chances para fazer o segundo do que o adversário. Mas nenhum dos times conseguiu passar da defesa adversária e, caso o Inter de Lages vença, se despedem da competição.

FICHA TÉCNICA
NOVO HAMBURGO 1X1 FOZ DO IGUAÇU
Novo Hamburgo: Max; Thomas, Ricardo Schneider, Léo Carioca e Brida; Alberto, Tiago Ott, Preto e Diego Miranda (Je Silva); Juninho Brandão (Kanu) e Jajá (Bruno Henrique). Técnico: Ben Hur Pereira
Foz do Iguaçu: Pablo; Lucas Garcia, Luis Felipe, Gustavo e Leo (Bruno Vandal); Erwin, Eder, Matheus Olavo (Alan) e Bruno Flores; Yannick e Gian Luca (Humberto). Técnico: Alan Aal
Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)
Árbitro: Felipe Duarte Varejão (ES)
Assistentes: Michael Stanislau (RS) e Tiago Augusto Kappes Diel (RS)
Cartões amarelos: Tiago Ott, Je Silva, Brida (Novo Hamburgo); Yannick, Lucas Garcia (Foz)
Gols: Tiago Ott aos 16′ do 1º tempo, pelo Novo Hamburgo. Matheus Olavo aos 41′ do 1º tempo, pelo Foz do Iguaçu

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *