O Paraná Clube venceu por 2 a 0 o Goiás, nessa terça-feira (dia 14) à noite, na Vila Capanema, pela 9ª rodada da Série B. Com o resultado, o time paranaense ficou em 11º lugar, com 13 pontos. A equipe goiana está na 17ª posição, na zona de rebaixamento, com seis pontos.

Clique aqui para ver a galeria de fotos do jogo.

Os gols da vitória foram marcados pelos atacantes Lúcio Flávio e Robson. Lúcio Flávio é o artilheiro do time no ano, com 11 gols em 24 jogos. Foi o segundo dele na Série B. Robson é o vice-artilheiro da equipe na temporada, com 7 gols em 25 jogos. Juntos, os dois têm 18 gols. Portanto são responsáveis por 51% dos 35 gols do time em 2016.

A vitória ajuda a amenizar a crise no Paraná Clube. Após a goleada por 5 a 1 para o Náutico, o técnico Claudinei Oliveira e o gerente de futebol Beto Amorim foram demitidos. O superintendente de futebol, Durval Lara Ribeiro, o Vavá, também deixou o cargo.

O time não vencia há quatro partidas (três empates e uma derrota).

O Paraná não tinha Lucas Otávio e Nadson, em recuperação. O interino Fernando Miguel armou o time no 4-2-3-1, da mesma forma que Claudinei vinha jogando. A novidade era Henrique como titular, atuando na linha de três meias ofensivos — mesma função que exerceu em 2015.

O Goiás não tinha Carlos Eduardo, Daniel Carvalho, Léo Lima e Cléo (ex-Atlético-PR), todos lesionados.

No jogo, o Paraná teve 50,6% de posse de bola, 8 finalizações (5 certas), 84% de precisão nos passes e 4 escanteios. O Goiás somou 14 finalizações (4 certas), 87% nos passes e 10 escanteios. Os dados são do Footstats.

O primeiro tempo teve domínio do Goiás, que contava com bom apoio dos dois laterais e criativiade de Léo Sena. O Paraná era confuso na marcação e previsível com a bola.

Aos 21 minutos, Jean saiu lesionado. Entrou Fernandes, que ficou como volante. No intervalo, Rafael Carioca saiu machucado. Entrou o meia Murilo Rangel. Fernandes foi para a lateral-esquerda. O time mudou para 4-1-4-1, com Valber e Murilo Rangel como meias centralizados.

Com essa nova formação, o Paraná equilibrou o jogo. Aos 25, Fernandes cruzou e Lúcio Flávio cabeceou, fazendo 1 a 0.

Aos 28, saiu Henrique e entrou Diego Tavares. Aos 30, Robson sofreu pênalti. Ele mesmo cobrou. Renan espalmou, mas o atacante pegou o rebote e fez 2 a 0. O Paraná controlou o jogo e correu pouco perigo até o fim.

PARANÁ 2 x 0 GOIÁS
Paraná: Marcos; Leandro Silva, Pitty, João Paulo e Rafael Carioca (Murilo Rangel); Jean (Fernandes), Anderson Uchôa, Robson, Válber e Henrique (Diego Tavares); Lúcio Flávio. Técnico: Fernando Miguel
Goiás: Renan; Jhonatan, Wesley Matos, Anderson Sales e Jefferson; David, Wendel (Ramires), Léo Sena, Thalles (John Cley) e Rossi; Rafhael Lucas (Cassiano). Técnico: Léo Condé
Gols: Lúcio Flávio (25-2º) e Robson (31-2º)
Cartões amarelos: Rossi, Wendel (G). Pitty, Leandro Silva (P).
Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves (RN)
Local: Vila Capanema

Related Posts

Facebook Comments