O Coritiba criou para si uma pressão a mais para a partida contra o Corinthians, nesta quarta-feira (14), às 21h45, no Couto Pereira, pela 25.ª rodada do Brasileirão. A goleada por 4 a 0 sobre o Grêmio, no último compromisso do Coxa em casa, na semana passada, deixou o torcedor ‘mal acostumado’ e gerou sobre o elenco a cobrança para uma exibição à altura contra o Timão.

“Depois do jogo com o Grêmio, até pela forma como foi a partida, a gente está sendo muito cobrado. E contra o Corinthians não será diferente”, revela o meiaRaphael Veiga. “A própria torcida vai querer ver um espetáculo, um bom jogo e a gente quer fazer isso”, prossegue o prata da casa, que será titular novamente no meio de campo alviverde.

Mais experiente, o volante Alan Santos reconhece a pressão que paira sobre o elenco, especialmente após a derrota fora de casa para a Chapecoense, no último domingo (11). O Alviverde voltou a se aproximar da zona de rebaixamento – a distância é de apenas dois pontos. “A pressão é diária para quem joga a Série A em um time como o Coxa. Quem não se acostumar com isso, tem que pedir para mudar de esporte ou ir jogar pelada, porque aí não tem pressão”, cobra o jogador.

Homenagem

Além de se afastar da área da degola e fazer mais uma boa exibição como mandante, o Coritiba terá uma motivação especial para vencer o Corinthians: o elenco coxa-branca espera dedicar o triunfo sobre os paulistas para o atacante Neto Berola.

Nesta terça-feira (13), Berola passou por uma cirurgia no tornozelo. Ele foi atingido de forma violenta pelo zagueiro William Thiego, da Chapecoense, e não joga mais até o fim do ano.

“Para ser sincero, estou meio disperso, não pela derrota, mas pela lesão do Neto. Acabei de ver as imagens da cirurgia. Para mim foi muito triste perder um amigo para o resto da temporada”, admitiu Alan Santos. “Foi uma infelicidade e a gente deu bastante força a ele. Vamos dedicar o jogo contra o Corinthians a ele”, arrematou Raphael Veiga.

Time

O técnico Paulo César Carpegiani fez mistério quanto à equipe do Coritiba que entrará em campo. Além de Berola, o lateral Juan e o zagueiro Walisson Maia, que vinha atuando na ala direita, também estão vetados. Carlinhos e Dodô são os prováveis substitutos. O último se recupera de lesão. Se não tiver condições, Benitez será escalado. No ataque, Kazim voltou a ser relacionado e briga por uma vaga com o jovem Evandro.

O Coxa deve atuar com Wilson; Dodô (Benitez), Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; João Paulo, Alan Santos, Raphael Veiga e Iago; Leandro e Kazim (Evandro).

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2016/09/14/Esportes/Imagens/Cortadas/09.13 - ficha coxa corinthians-kwgH-U208636385650eD-1024x1063@GP-Web.jpg

Related Posts

Facebook Comments