O Coritiba foi até a Bahia enfrentar o Vitória na Copa Sul-Americana nesta quinta-feira (25), na Arena Fonte Nova. Na estreia da competição internacional, o Verdão saiu na frente com gol de Evandro, mas sofreu a virada na etapa complementar.

O primeiro tempo de jogo teve domínio da equipe coxa-branca e foi uma partida bastante movimentada. Na segunda metade do duelo, o Verdão não conseguiu segurar a vantagem. Agora, o time alviverde precisará de uma vitória simples em casa na próxima quarta-feira para seguir na disputa. “Tivemos muitas chances no começo de partida, não aproveitamos, não tivemos competência para segurar o placar. Agora vamos erguer a cabeça e buscar o resultado em casa na semana que vem”, destacou o treinador Paulo César Carpegiani.

Dodô cruza e Evandro abre o placar na primeira etapa

O Coritiba foi a campo na estreia da Copa Sul-Americana 2016 com duas mudanças em campo, com a entrada de Juan como lateral esquerdo e Evandro integrando o ataque alviverde. Assim, o treinador Paulo César Carpegiani começou com Wilson, Dodô, Luccas Claro, Juninho, Juan, Edinho, João Paulo, Raphael Veiga, Evandro, Neto Berola e Kleber.

Com o apito inicial do árbitro, o Coxa começou a pressionar a equipe da casa. O treinador do Vitória, Vagner Mancini, havia afirmado que pouparia jogadores no jogo, mas na escalação o time baiano foi com os titulares.

A primeira chance do jogo foi a tentativa do cabeceio de Kleber, mas a zaga tirou. O Coritiba se postava de maneira ofensiva no início da partida. Aos seis minutos, Kleber saiu na cara do gol e ficou no chão dentro da área. O árbitro mandou seguir e não assinalou a penalidade máxima.

Neto Berola também teve uma boa chance, da esquerda, mas mandou a bola para a rede pelo lado de fora. Nos 15 primeiros minutos, só deu Coxa! Kléber ainda tentou o chute da entrada da área, mas o goleiro Fernando Miguel fez a defesa. Aos 17’, Kleber mandou um cruzamento com direção certa para Neto Berola, mas a bola bateu na zaga e passou perto do gol.

Com o passar do tempo, o time da casa cresceu no jogo e passou a dominar as jogadas. No entanto, o sistema tático do Coxa contribuiu para que o gol do time do Vitória não saísse. Quando acionados, os defensores coxas-brancas tiravam o perigo.

Aí, a sorte também ajudou o Coxa. Aos 20’, Evandro subiu na área para tirar uma chegada do time baiano numa cobrança de falta e bateu com o braço na bola. Pênalti assinalado e Kieza se apresentou para cobrança. Wilson se concentrou, acertou o lado, mas a bola bateu na trave e não entrou.

O goleiro coritibano ainda fez uma ótima defesa aos 29’, no chute de Marcelo. O jogo continuou movimentado e novamente o Coxa equilibrou as ações em campo. Tanto é que abriu o placar.

Aos 43’, Kleber acionou Dodô pela direita. O prata da casa passou para outro atleta vind.o da base alviverde que não desperdiçou a chance. Evandro bateu de primeira e saiu para dar seu tradicional mortal na comemoração.

Verdão sofre a virada

Para recomeço do jogo, nenhuma mudança nas duas equipes. E quem teve a primeira chance foi o Vitória, com Marinho cabeceando e Wilson defendendo. O jogador com a camisa sete do time baiano ainda arriscou um belo chute de fora da área que foi para fora.

O Coxa teve boa chegada com Neto Berola, mas o árbitro assinalou o impedimento. O jogo recomeçou com domínio do time da casa. O Vitória ia achando espaços entre a zaga coritibana e buscando o empate.

Aos 20’, o árbitro assinalou o segundo pênalti a favor dos baianos. Diego Renan apareceu para a cobrança e mandou para as redes deixando tudo igual no placar. Carpegiani promoveu a entrada de Amaral no lugar de Evandro.

Então, aos 24’, numa falha da zaga alviverde, Kieza aproveitou para virar a partida. O Verdão buscou se reinventar em campo para buscar o empate. Iago Dias e Bernardo entraram em campo nos lugares de Edinho e Neto Berola.

Aos 41’, Kleber passou na medida para Bernardo que invadia a área e mandou uma bomba que passou perto e foi embora pela linha de fundo. No fim da partida, o Alviverde buscou trocar passes e achar um espaço que fosse, mas o time da casa se fechou e manteve o placar.

Com o resultado, o Coritiba agora precisará vencer com uma vitória simples no jogo de volta, que será no Couto Pereira, para seguir na competição. A partida que vale vaga na sequência está marcada para quarta-feira, dia 31, às 17h, no Couto Pereira.

Antes disso, o Coxa enfrenta o São Paulo, na capital paulista, no domingo, dia 28, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os atletas seguem diretamente de Salvador para o sudeste do país e a delegação alviverde terá somente dois momentos de treino antes do jogo.

Jogue com o Coritiba dentro e fora de campo!

Seja sócio do Coxa e tenha benefícios como descontos em lojas, prêmios especiais, experiências exclusivas e muito mais. Clique aqui.

Confira a ficha técnica do jogo:

 

Copa Sul-Americana 2016 – 1ª rodada

Vitória 2 X 1 Coritiba
Local: Fonte Nova – Salvador – Bahia
Data: 25/08/2016
Horário: 21:45hÁrbitro: José Argote
Assistentes: Franchescoly Chacón e Elbis Gómez
Quarto Árbitro: Marlon Escalante

Coritiba: Wilson, Dodô, Luccas Claro, Juninho, Juan, Edinho (Iago Dias), João Paulo, Raphael Veiga, Evandro (Amaral), Neto Berola (Bernardo) e Kleber
Técnico: Carpegiani
Banco: Rafael Martins, Walisson Maia, Cesar Benitez, Amaral, Bernardo, Thiago Lopes e Iago Dias

Vitória: Fernando, Diogo Mateus (Euller), Victor Ramos, Ramon, Diego Renan, Marcelo (Serginho), Willian Farias, Sherman Cárdenas, Marinho, Kieza e Vander (R. Ramallo)
Técnico: Vagner Mancini
Banco: Caique, Serginho, José Welison, Flávio, Euller, R. Ramallo e David

GOLS DO JOGO Gols:
Evandro (Coritiba) – aos 43 minuto(s) do 1º Tempo
Diego Renan (Vitória) – aos 20 minuto(s) do 2º Tempo
Kieza (Vitória) – aos 24 minuto(s) do 2º Tempo

Cartões DO JOGOCartões:
Amarelos: Victor Ramos (Vitória)Evandro (Coritiba), Marcelo (Vitória)
Vermelhos: Não houve

Público Pagante e Total
Público Pagante:
Público Total: 3.549

Público Pagante e Total
Renda: R$ 25.863,50

Related Posts

Facebook Comments