O Paraná Clube está na terceira fase da 51ª Copa São Paulo Júnior. Num jogo equilibrado diante do Vitória-BA – no Zezinho Magalhães, em Jaú –, o Tricolor foi buscar a classificação nos pênaltis, onde mais uma vez o goleiro Gabriel foi decisivo: 5×4 e agora o time do técnico Jorge Ferreira encara o vencedor de RB Brasil x Serra.

O Paraná iniciou o jogo com uma grande oportunidade de gol. No cruzamento de Lucas Sene, aos 3 minutos, a zaga não cortou e Ruan, de virada, bateu para a grande defesa de João Cabral. Seria uma das raras chances em toda a partida. O Vitória, com uma marcação alta, inibia os avanços do Tricolor e, aos 33 minutos, Gabriel mostrou elasticidade para fazer uma defesaça no chute de Deivid.

Na etapa final, apesar das investidas das duas equipes, os sistemas defensivos sempre se sobressaíram. Mesmo com as trocas de Jorge Ferreira e as entradas de Matheus Willians, Bryan, Eduardo, João Miranda e Ryan, o cenário não se alterou. O jogo seguiu igual até o apito final. Um 0x0 que levou a definição da vaga para os pênaltis.

Aí, mais uma vez brilhou a estrela de Gabriel. O goleiro defendeu a cobrança de Alisson – a terceira do time baiano – e deixou o Tricolor em vantagem. Com desempenho total nas cobranças, o Paraná fez 5×4, com gols de Lucas Sene, João Victor, Carlos, João Miranda e Ryan.

O técnico Jorge Ferreira utilizou a seguinte formação neste jogo: Gabriel; Gustavo (João Miranda), Vitão, Guilherme e João Victor; Carlos, Kriguer (Ryan) e Lucão (Bryan); Lucas Sene, Ruan (Matheus Willians) e Léo Novack (Eduardo).

Related Posts

Facebook Comments