O Paraná abusou dos gols perdidos, desperdiçou três pênaltis, mas garantiu a vaga na segunda fase da Copa do Brasil ao derrotar o Estanciano por 2 a 0, nesta quinta-feira (21), na Vila Capanema. Na próxima fase, o Tricolor pega a Chapecoense.

O técnico Claudinei Oliveira acertou ao prever um duelo complicado. Mas a dificuldade não foi pelo nível do adversário, que perdeu seis dos últimos sete jogos no Campeonato Sergipano, mas pela situação criada pelo próprio Tricolor, que cansou de perder gols, e deu brechas para a modesta equipe sergipana.

CHAVE:Veja o cruzamento das próximas fases da Copa do Brasil

Claudinei cobrou que o time paranista garantisse a vaga logo no primeiro tempo. A pressão do Paraná funcionou e o meia Válber abriu o placar aos 15 minutos de jogo, com um chute colocado de dentro da área, no canto do goleiro Jerfesson.

Mas os jogadores tricolores consagraram o arqueiro do Estanciano. Aos 24 da etapa inicial, o atacante Robson tropeçou nas próprias pernas dentro da área, e o árbitro marcou a penalidade. Lúcio Flávio bateu mal e Jerfesson defendeu.

O bombardeio paranista continuou. O lateral-direito Nei cruzou na cabeça de Lúcio Flávio, que sozinho na grande área, cabeceou por cima da meta, no final do primeiro tempo. No último lance da primeira etapa, o volante Élton cobrou falta no travessão e assustou a torcida paranista, que compareceu em bom número ao Durival Britto.

A etapa final teve o mesmo desenho: Paraná perdendo chances e levando sustos na defesa. O meia Rafael Carioca tabelou com Nadson e chutou em cima de Jerfesson, que novamente salvou o Estanciano.

Lúcio Flávio teve a oportunidade de se redimir, aos 27 do segundo tempo, em mais uma penalidade, desta vez sofrida pelo volante Jean. O camisa 9 bateu de cavadinha no travessão e perdeu a sua segunda cobrança no jogo.

Aos 41, o novo reforço tricolor, o lateral-direito Diego Tavares, que disputou o Estadual pelo Toledo, sofreu mais uma penalidade. Lúcio Flávio pediu para cobrar, mas Claudinei vetou. Jean cobrou e Jerfesson defendeu, mas a bola voltou nos pés do camisa 5, que deu números finais ao confronto.

Gols

1º tempo

1 x 0 (15 min) – Válber recebe passe e, dentro da área, chuta colocado com a perna esquerda, sem chances para o goleiro Jerfesson.

2º tempo

2 x 0 (44 min) – Jean bate pênalti, o goleiro Jerfesson defende e no rebote o próprio Jean manda para as redes.

Cartões

Amarelos: Jadson, Elton, Emerson e Daniel (Estanciano); Jean, Robson e Nei (Paraná)

Vermelho: Emerson, Elton e Da Silva (Estanciano)

Próximo jogo:

Paraná: Atlético, no domingo (24), às 16h, na Vila Capanema, pelo jogo de volta da semifinal do Estadual.

Estanciano: Sergipe, no domingo (24), às 17h, no Batistão, pelo Campeonato Sergipano.

Fonte: GAzetadoPovo

Related Posts

Facebook Comments