Futebol: CBF garante campeonatos

Futebol: CBF garante campeonatos

Em reunião por videoconferência com dirigentes de clubes das Séries A e B na tarde desta terça-feira (7), o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, garantiu que a entidade pretende finalizar todos os campeonatos de 2020, apesar da paralisação das disputas por causa da pandemia de coronavírus. A informação foi obtida pelo jornal O Dia.

Caboclo assegurou que o calendário da entidade prevê a finalização dos estaduais. Por outro lado, o cartola disse não ser possível assegurar que o Brasileirão terá 38 rodadas, em pontos corridos, conforme a fórmula original da competição.

Ainda segundo a reportagem, apenas o Coritiba teve um representante participando da reunião, enquanto Athletico e Paraná não estiveram presentes na videoconferência.

“O nosso discurso é: voltaremos no primeiro dia possível depois que as autoridades de saúde nos permitirem isso. Temos fórmulas para cada semana em que isso for autorizado. Vou dar exemplo: se for na primeira semana de junho, temos fórmula”, disse Caboclo.

“Queremos fechar o calendário em 2020 e garantir que todos os contratos sejam cumpridos”, reforçou.

A ideia inicial da reunião, por parte dos dirigentes dos clubes, era iniciar um plano de retomada dos jogos dos estaduais, que aconteceriam com portões fechados e transmissões pela TV. No entanto, Caboclo deixou claro que a bola só volta a rolar no país após a CBF receber o aval do Ministério da Saúde.

“No primeiro dia possível, voltaremos com responsabilidade as atividades. O objetivo é concluir todas as competições previstas em 2020. Se possível, durante esse ano, caso contrário, alargaremos um pouco, mas o importante é a conclusão”, reforçou.

Já sobre a fórmula do Brasileirão, Caboclo não garantiu que a disputa tenha 38 rodadas, em jogos de ida e volta e campeão por pontos corridos. “Vamos dizer que [38 rodadas] é tudo o que nós queremos. Faremos o possível e o impossível. Mas não podemos declarar que nós vamos fazer”, admitiu.

“Lamentavelmente, o vírus não tem meu celular para combinar uma data para parar com tudo isso”, concluiu.

Related Posts

Facebook Comments