Maringá muda geral para encarar a D

Maringá muda geral para encarar a D

Após a queda de divisão no Campeonato Paranaense, o Maringá FC devia explicações à torcida. A diretoria executiva do clube soltou uma nota oficial, esclarecendo sua posição e trazendo anúncios importantes, como a  permanência do técnico Sandro Forner e a dispensa de cinco jogadores.
A nota oficial frisa o empenho da ”nova diretoria”, que assumiu a equipe em 2016, em resgatar o orgulho do futebol maringaense.
”Em nossa gestão, o prossionalismo está em primeiro lugar e nos preocupamos em cuidar de nossa vida nanceira, potencializar nossa equipe de trabalho e fortalecer a estrutura administrativa, com o objetivo de tornar o projeto longevo. Agora, nosso papel é seguir em frente, de cabeça erguida e acreditar no trabalho que está sendo realizado, que delizou parcerias que irão fortalecer cada vez mais o projeto”, diz a nota.
A diretoria executiva do Maringá FC avaliou positivamente o desempenho de Sandro Forner no comando técnico da equipe, e decidiu renovar seu contrato até o m do ano. Seu auxiliar, Cesar Gaúcho, se desligará do cargo e comandará o time sub-19 do clube, como acertado incialmente.
O elenco principal passará por mudanças. Sete jogadores foram dispensados, incluindo Willian Leandro e Bravo, que chegaram como reforços para o segundo turno do Paranaense. Além deles, Sillas, Neílson e Vitinho também foram dispensados. Lalau, que não pertence ao Maringá e estava na equipe por empréstimo, volta para o Coritiba. O lateral direito Duda e o atacante Dandan tinham contrato até o final da temporada, mas foram liberados.A nota ainda garante que reforços serão contratados para a disputa da Série D do Brasileirão, que se inicia no mês de maio.
A Série D contará com 68 equipes, e apenas quatro conseguirão o acesso à Serie C. Sobre isso, a diretoria arma que ”seria falta de responsabilidade nossa prometer resultados, no entanto, empenho, entrega e condições de trabalho não faltarão”.

Related Posts

Facebook Comments