O Atlético venceu o Flamengo por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (26), na Arena, e alcançou a liderança do grupo 4 da Libertadores. Agora, um triunfo sobre o San Lorenzo-ARG, na próxima quarta-feira (3/5), também na Baixada, garante a classificação do Furacão para as oitavas de final do torneio com uma rodada de antecedência.

Com a vitória sobre os cariocas, a equipe comandada por Paulo Autuori alcança sete pontos. O Flamengo, com seis pontos, aparece em segundo, com os chilenos da Universidad Católica na terceira posição, com cinco. O San Lorenzo-ARG é o último, com quatro.

O Atlético abriu o placar no primeiro tempo com um gol de cabeça do zagueiro Thiago Heleno. Aos 35 minutos, Matheus Rosseto cobrou falta da intermediária e o defensor levou a melhor pelo alto, vencendo o goleiro Alex Muralha.

Os visitantes pressionaram muito na etapa final, mas o sistema defensivo do Furacão suportou bem. Aos 42, em contra-ataque, Felipe Gedoz aumentou a vantagem. Dois minutos depois, Willian Arão ainda diminuiu para o Fla, mas o Atlético garantiu o triunfo em casa para a alegria dos 33.463 torcedores pagantes na Arena, o maior público do clube no ano.

“Nosso time hoje foi muito forte, começamos o jogo com intensidade boa”, celebra Thiago Heleno. “No gol, fui jogar a bola para dentro da área, mas graças a Deus aconteceu o gol”, explica. Companheiro de zaga, Paulo André elogiou o momento vivido pelo “General”.

Experiente, também fez questão de frear a empolgação do time com o triunfo. “Acho que o Thiago Heleno está num grande momento, talvez o melhor da carreira, chama muito a atenção, está destoando e isso é bom para nós”, avalia.“Essa vitória foi só mais um passo. Temos dois jogos difíceis, com tranquilidade, sem muita afobação e pé no chão para vencer mais um jogo”, completa.

A vitória ampliou a supremacia do Furacão sobre o Flamengo na Baixada. Desde 1999 são 17 duelos no estádio, com 12 vitórias atleticanas, quatro empates e apenas um triunfo dos cariocas.

Gols

1º tempo

1 x 0 (35 min) – Rossetto cobrou falta com muita categoria e Thiago Heleno cabeceou por cima de Muralha. A bola encobriu o goleiro flamenguista e entrou no cantinho.

2º tempo

2 x 0 (42 min) – Em contra-ataque atleticano, Eduardo da Silva recebe pelo lado direito do ataque e rola para Felipe Gedoz completar para o gol.

2 x 1 (44 min) – Depois de escanteio, a bola fica viva dentro da área e sobra para Willian Arão marcar.

Chave do jogo

Gol de Felipe Gedoz

No momento em que o Flamengo era mais perigoso no jogo e se aproximava do empate, o gol do meia atleticano praticamente matou o jogo para o time da casa.

Cartões

Amarelos: Weverton (Atlético); Guerrero e Rafael Vaz (Flamengo)

Próximos jogos:

Atlético: Coritiba, no domingo (30, na Arena da Baixada – jogo de ida da final do Paranaense.

Flamengo: Fluminense, no domingo (30), no Maracanã – jogo de ida da final do Carioca.

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *