Segunda metade do Paranaense de Futebol, a Taça Caio Júnior será encerrada nesta noite com
seis jogos marcados para iniciar simultaneamente às 21h45. Hoje será definido quem segue na disputa pelo
título e quem se juntará ao já rebaixado Prudentópolis rumo à Segunda Divisão. Para o FC Cascavel o
desafio é lutar contra a degola. Para isso, precisa vencer o Coritiba no Estádio Olímpico ou que Rio Branco
ou União não vençam na rodada. Os atuarão fora de casa, contra Londrina e Prude, respectivamente.
Para o Futebol Clube Cascavel, vencer significará alcançar um feito inédito diante do Coxa. O alviverde do
Couto Pereira é o adversário que a Serpente Aurinegra mais enfrentou nos quatros anos em que disputa a
Primeira Divisão. Foram sete confrontos desde 2015, sem nenhuma vitória. Foram seis triunfos do Coritiba
e um empate.
Atual campeão estadual e já garantido na finalíssima deste ano, o Coxa não tenta reembalar na temporada.
No último domingo impôs a primeira derrota ao Cianorte no campeonato e encerrou a série de cinco jogos
sem vitórias, período em que amargou a eliminação da Copa do Brasil.

É disposto a não ser rebaixado e aproveitar o momento instável vivido pelo adversário que o Futebol Clube
Cascavel entra em campo nesta noite, empurrado por sua torcida, que não pagará ingresso na
arquibancada se estiver com a camisa da equipe.

Em campo, o interino Gustavo Caiche volta a contar com o zagueiro Júnior Fell, que cumpriu suspensão na
derrota em Maringá. Já o atacante Afonso está fora, por lesão. No Coritiba, que faz seu último jogo antes
de decidir o título estadual, Sandro Forner não conta com Yan Sasse e Alecsandro, vetados pelos médicos,
assim como Iago Dias, que já havia ficado de fora contra o Cianorte.

Related Posts

Facebook Comments