Adeus, Mangaba!!

Osires Nadal Júnior

Terminou ontem uma das mais ricas histórias do esporte cascavelense. Mesmo sem nunca ter marcado um gol, uma cesta ou um ponto, Benedito Alves de Lima, o Mangaba, participou de quase todos os títulos de várias modalidades, incluindo o único título estadual no futebol, os títulos nacionais do handebol feminino na década de 90, os vários acessos dos times de futebol, quase todos os títulos de Jogos Abertos, Jogos da Juventude e, por último, todas as conquistas do Cascavel Futsal.
Na madrugada da última terça-feira ele desencarnou após quase um mês internado por conta da dengue, que acabou gerando outras complicações como hepatite, pneumonia e falência de órgãos.
Ligado ao futebol desde os 13 anos, Mangaba foi um dos melhores massagistas esportivos do Brasil. Trabalhou em grandes clubes como Botafogo, Corinthians e Fluminense. Pelas mãos dele passaram nomes famosos da Seleção Brasileira, como Garrincha e Vavá. Foi também campeão paranaense de futebol com o Cascavel, 1980.
Em abril deste ano, Mangaba seria homenageado pela Câmara de Vereadores de Cascavel com a medalha Xiquinho Zimerman, dada aos desportistas que engrandecem o esporte da cidade. Mas, a doença impediu que ele fosse receber o prêmio pessoalmente, mas a homenagem deve ser entregue in memorian.
O velório está sendo realizado na Capela Master da Acesc, e o sepultamento ocorrerá às 10h30, no Cemitério Central de Cascavel.

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, repórter, produtor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

0 Comentários
voltar ao topo