Atuais campeões confirmam presença na Cascavel de Ouro

Considerada a maior de todas as 30 edições que compõem a história de 50 anos da Cascavel de Ouro, a prova de outubro de 2016 teve Thiago Klein e Odair dos Santos como vencedores. Eles revezaram a pilotagem do VW Gol da Paraguay Racing e inscreveram seu nome na galeria de campeões da corrida longa mais tradicional do automobilismo paranaense. A parceria será mantida na prova de 2017, que será disputada no dia 5 de novembro.

Marcando o cinqüentenário da história do evento, a prova no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, premiará os vencedores com o troféu que inclui a serpente confeccionada em ouro puro e R$ 100 mil em dinheiro. A expectativa dos organizadores é de apresentar na pista o limite de 50 carros da categoria Marcas & Pilotos 1.6. Pilotos de campeonatos regionais e nacionais de vários estados brasileiros já têm presença confirmada.

“A nossa preparação começou no dia em que ganhamos a prova do ano passado. Eu acredito que a gente tem tudo para lutar mais uma vez pelo título na pista que é a nossa casa”, considera Klein, que é bicampeão metropolitano em Cascavel e vice-campeão estadual. “Não vai ser fácil, o grid vai ter muitos pilotos de um nível bem alto, vários da Stock Car, da Copa Truck e de vários campeonatos brasileiros e regionais vão participar”, acrescenta.

Santos avaliza a expectativa de um evento de alto nível. “A prova do ano passado já foi fantástica, e essa vai ser ainda maior e melhor em nível técnico. A premiação dá um status ainda mais elevado à Cascavel de Ouro, que hoje só está atrás da Corrida do Milhão da Stock Car nesse aspecto”, considera. “Isso desperta o interesse de todos, quando vamos para o grid todos os mais de 100 pilotos vislumbram isso, mesmo os que não têm um carro tão bom”, diz.

A Paraguay Racing conta com suporte técnico da Stumpf Preparações. “Temos um ótimo carro, uma ótima equipe, nossa dupla funciona muito bem, o Thiago é um dos pilotos mais rápidos do Paraná, ele consegue andar por 20 ou 30 minutos em ritmo de classificação, e eu consigo manter um ritmo equilibrado no andamento de volta a volta. Então é tudo uma soma, um mantém o ritmo e o outro trabalha para abrir caminho e ganhar posições”, pondera.

Os vencedores da última Cascavel de Ouro pilotam na Copa Petrobras de Marcas os Toyota Corolla da PGG Paraguay Racing e Salmini Paraguay Racing, respectivamente. Na série nacional, Klein foi o campeão da classe de acesso Trophy em 2016. Santos, com vitórias nas duas corridas da etapa de 2 de julho em Curitiba, assumiu o terceiro lugar na tabela de classificação, nove pontos atrás do líder paranaense José Roberto Hofig.

Eles disputam também o Campeonato Brasileiro de Turismo 1600. Klein é o 11º colocado na pontuação da classe A, depois do acidente que o tirou das duas corridas da etapa de Cascavel e de um quinto lugar na segunda bateria da etapa de Curitiba, onde largou em último depois de ser desclassificado da primeira prova, em que foi o segundo, por falta de peso no carro. Santos, com um segundo, dois terceiros e um quarto lugar, é vice-líder da classe B.

Odair dos Santos experimentou várias categorias desde sua estreia no automobilismo em 2015. Disputou o Mitsubishi Lancer Cup, foi vice-campeão das 500 Milhas de Londrina – prova em que teve Thiago Klein e Pedro Pimenta como parceiros – e neste ano disputa o Porsche Império GT3 Challenge Brasil. Na corrida de estreia, em Interlagos, conquistou o troféu do Momento Shell V-Power, pela autoria da ultrapassagem mais marcante da etapa.

Conhecido como “Paraguaio Voador”, Odair dos Santos conquistou na Cascavel de Ouro sua primeira vitória no automobilismo. “O mais gratificante de ganhar uma Cascavel de Ouro não é o prêmio em dinheiro, ou o momento, mas sim colocar seu nome na história, ter esse troféu maravilhoso na estante da sala em casa, tudo isso numa corrida tão importante para o automobilismo brasileiro. É um legado que fica para as próximas gerações”, considera.

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *