Caiu mais um

O técnico Cristian de Souza foi demitido do Paraná, nesta sexta-feira (14), após a derrota do Tricolor para o Oeste por 2 a 0 , na 14ª rodada da Série B. O clube não vence há três jogos e está apenas três pontos acima da zona de rebaixamento.

“Infelizmente o Cristian não é mais o treinador. Nós conversamos há pouco, ele estava bem consciente da situação. No futebol isso acontece sempre. É mais fácil trocar um do que trocar 30. A gente espera que, com a troca, haja alguma mudança, pelo menos de postura”, declarou Rodrigo Pastana, executivo de futebol do clube, em entrevista às rádios Transamérica e Banda B.

O treinador encerra sua passagem com apenas 41,6% de aproveitamento. Foram 16 jogos com cinco vitórias, cinco empates e seis derrotas.Cristian, desconhecido no cenário nacional, foi contratado no início de maio para substituir Wagner Lopes que havia deixado o clube após receber uma proposta do futebol asiático.

Mesmo após a demissão, Pastana defendeu a escolha e disse que o trabalho foi bom, mas, como os resultados não vieram, “decisões tinham de ser tomadas”.

“A situação preocupa porque não gostaríamos de estar nela em nenhum momento. Depois da campanha do Paranaense, da Copa do Brasil e até mesmo jogos da Primeira Liga, a gente não esperava ficar nessa situação difícil”, disse ele, admitindo a frustração com a posição ruim do clube na tabela da Série B (confira a classificação ).

Pastana também cobrou firmemente os atletas. Segundo ele, o Paraná dá condições de trabalho e está pagando em dia, o que faz com que exija uma recuperação do grupo o mais rápido possível.

“Foi nítido que a postura dos jogadores tem que melhorar. Eles precisam reagir, sabem disso e esperamos que reajam rapidamente já contra o Brasil de Pelotas. O Paraná é um clube grande e falta reciprocidade. E digo mais uma vez, essa reciprocidade tem que vir rápido”, completou.

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *