O M.V.Selmer/Compagás/Caramuru depois de vencer os dois jogos contra o Foz do Iguaçu, em Foz, no final de semana, pela penúltima rodada do returno do Campeonato Estadual Adulto – Divisão Especial já está em Novo Hamburgo (RS), onde disputa a Copa Paquetá Esportes ao lado do Voleisul/Paquetá Esportes, Canoas Vôlei e Universidade Feevale. O time viajou na madrugada de segunda-feira para o Rio Grande do Sul. Nesta terça-feira (20), o Caramuru Vôlei encara o Vôlei Canoas, que vai a Superliga, às 18 horas, e, às 21 horas, enfrenta o Voleisul. Na quarta-feira, joga contra o Feevale, às 19 horas

A equipe que resolveu estender a participação do time principal no ao menos até a última rodada do returno, dias 24 e 25, venceu o primeiro jogo contra o Foz, no sábado, por três sets a zero, com parciais de 25×21,29×27 e 25×15. O destaque da partida foi o libero Matheus. No domingo, a vitória veio também por três sets a zero, a 29×27, 25×23 e 25×17. O capitão Peron, ponteiro do time, foi destaque. “Foram jogos equilibrados. Mantivemos o rodízio com todo os atletas e é visível a evolução de diversos deles e da equipe tanto na parte física quanto na técnica e tática”, comenta o treinador Fábio Sampaio, lamentando os calendários estadual e nacional não ‘baterem’. “Isso nos fará jogar com a equipe infanto as finais do Paranaense, o que não é bom nem para Castro nem para o voleibol paranaense”, ressalta.

O treinador lembra o quanto a equipe buscou essa final. “E, agora, que estamos nela abrir mão é complicado, mas temos compromissos maiores e bem mais difíceis”, enfatiza, citando que se despedem do Estadual no próximo final de semana, em Irati, contra o Araucária. “Faremos uma espécie de turnê por alguns municípios dos Campos Gerais. Queremos ter força na região para depois termos força dentro do Estado”, ressalta Sampaio. Os jogos acontecerão às 20 horas de sábado (24) e às 16 horas de domingo, no Ginásio Agostinho Zarpellon Júnior, o Batatão.

Quadrangular

O time chegou em Novo Hamburgo às 11 horas. Os castrenses fariam um amistoso contra o Voleisul Paqueta, equipe tradicional do Rio Grande do Sul, que participou de várias edições da Superliga. Este ano, depois de uma tentativa frustrada de parceria com Maringá, o time abriu mão da vaga da competição, que acabou ficando com o time paranaense. O quadrangular terá quatro partidas em cada um dos dois dias, até que seja definido o campeão Os jogos acontecerão no ginásio da Sociedade Ginástica. Estamos sendo fiel a todo o planejamento feito por nós pós Superliga B e estamos colhendo frutos. Pretendemos que a equipe atinja seu ápice o início de outubro, início da Superliga”, avalia o treinador.

Segundo o técnico Fábio Sampaio, agora começa uma nova fase de preparação, ainda mais intensa, voltada para competição nacional. Sabemos das dificuldades que vamos encontrar; daremos nosso 100% dia a dia para tentar, ao menos, nos manter na elite do vôlei nacional”, prevê.

As partidas da Copa Paquetá Esportes começarão às 18 horas nos dois dias. No primeiro deles, os quatro times se enfrentam, sempre em jogos de três sets, em rodada finalizada no dia seguinte. Os dois melhores fazem a final, enquanto que as outras duas equipes disputam o terceiro lugar. Terça-feira (20), o Caramuru Vôlei encara o Vôlei Canoas, às 18 horas, e, às 21 horas, enfrenta o Voleisul. Na quarta-feira, os jogos serão contra o Feevale, às 19 horas. A disputa do terceiro e quarto lugares ocorrerá às 20 horas e, a final, às 21 horas. Na quinta-feira, os castrenses vão a Bento (RS) fazer um amistoso contra o Bento Isabella, time também da Superliga.

 

Related Posts

Facebook Comments