Daqui um ano o Operário quer estar, nesta mesma data, jogando e pensando em uma classificação para o mata­mata da Série D do Campeonato Brasileiro. Mas para este sonho se concretizar o Fantasma precisa passar pela Taça FPF. A primeira prova da competição sub­23 é neste domingo (17), às 11h, contra o Andraus, em Campo Largo.

Enquanto o Fantasma investiu para formar um elenco do zero, o time da Região Metropolitana de Curitiba aproveitou jogadores que já figuravam na base do clube ­ ideia que a maioria dos participantes do torneio aplicou. O técnico Gerson Gusmão iniciou as atividades com o grupo no final de maio, mas apenas na última semana passou a ter dedicação total ao time sub­23.

Antes dividia a atenção com o elenco profissional, que estava na Copa do Brasil. O treinador alvinegro comanda atualmente 22 jogadores, mas tem desfalques para a estreia.

O lateral esquerdo Acácio e o meia Murilo não foram regularizados ­ o primeiro está entregue ao departamento médico, inclusive. Já o atacante Everton e o lateral direito Luiz Grando são dúvidas.

“Sabemos que será um jogo muito difícil pela qualidade do gramado e pela característica da competição de muito contato. A gente se preparou para isso e, na medida do possível, vamos tentar colocar o nosso estilo de jogo”, comenta Gersinho.

A provável formação do Fantasma para a partida no Estádio Atílio Gionédis tem Simão; Luiz Grando, Leandro, Alisson e Laécio; William Daltro, Thalles, Dione e Marcinho; Willian Lira e Cristian.

Fonte: Net Esporte Clube

Related Posts

Facebook Comments