O frio chegou, mas o ginásio Ney Braga esquentou na vitória daCopagril/ Sempre Vida/ Sicredi por 3 a 1 sobre o Foz Cataratas, de virada, em duelo válido pela 6ª rodada da Chave Ouro, disputado nesta terça-feira (26). Com a vitória, os rondonenses reassumem a liderança do Estadual, com os mesmos 16 pontos do Guarapuava, mas com uma partida a menos.

O jogo

Demorou exatos oito minutos para que acontecesse a primeira ação importante na partida, quando Marquinhos mandou para as redes após rebote de Ari no chute de Cristian Alfinete, mas a arbitragem anulou o gol assinalando  toque de mão do pivô rondonense. Em seguida, Cristian Alfinete carimbou o poste direito de Ari em cobrança de falta. Do outro lado, Dalton defendeu com facilidade as tentativas de Willian, Augusto e Dilvo. Aos 15’, a Copagril voltou a levar perigo com Pelé, que pegou de primeira o escanteio cobrado por Eduardo Jabá, mas Ari fez ótima defesa. Mas quem saiu na frente foram os visitantes. Aos 16’34’’, Leandrinho cobrou falta para Douglas, que recebeu na área e chutou forte no canto direito de Dalton, que não teve chance de defesa. Restando 50 segundos para o fim da primeira etapa, Marquinhos roubou a bola de Romarinho na área adversária e tocou para Cristian Alfinete mandar no travessão.

Na volta do intervalo a Copagril voltou com o goleiro Deivd na meta e outro ímpeto coletivo, pressionando muito a defesa iguaçuense. E o empate não demorou a sair. Aos 2’45’’, Parrel levou para o meio e arriscou. A bola desviou em Douglas e matou Ari: 1 a 1. Aos 7’, o Foz teve grande chance de reassumir a frente do marcador, mas o toque por cobertura de Dilvo parou no travessão. A virada rondonense veio aos 12’16’’, depois que Biel fez ótimo passe rasteiro que cortou a defesa e Cris Negão entrou de carrinho para fazer seu primeiro gol com a camisa amarela. Faltando 2’30’’ para o fim, o técnico Fabinho Gomes lançou Douglas como goleiro-linha. Na melhor chance do Foz, Deivd fez grande defesa com o pé no chute de Diego. Faltando 33 segundos, a Copagril selou a vitória. Djaelson fez ótima jogada pela direita e passou para Marquinhos, com muita categoria, tirar de Ari e dar um leve toque para as redes.

A festa foi nos braços da galera, mais especificamente com os cerca de 25 integrantes da Torcida Organizada Os Pinto Loko, que voltaram a fazer barulho e animar os demais torcedores no Ney Braga.

Após a partida falou o pivô Cris Negão falou sobre seu primeiro gol pela Copagril e as chances dadas pelo técnico Paulinho Sanaduva. “Estávamos em um momento difícil, 1 a 1, e graças a Deus consegui fazer o gol. Estou muito feliz, mas o mais importante foi somar os três pontos. Entendo o lado dos demais atletas, que estão muito melhores fisicamente do que eu, pelo menos uns 50 dias a mais de treino, e tenho que ter paciência. A hora que entrar tenho que fazer meu máximo e devagarinho vou pegando o ritmo para conseguir ajudar a equipe”, declarou.

O próximo compromisso do time rondonense será na sexta-feira (29), às 20h30, contra o São Lucas/ Paranavaí, no ginásio Lacerdinha, local onde a Copagril foi eliminada da Chave Ouro do ano passado nas quartas-de-final.

Na segunda-feira (02) o duelo será contra o Corinthians, pela Liga Nacional, às 19h15, no ginásio Ney Braga.

Texto e foto: OlhonaBola

Related Posts

Facebook Comments