O Coritiba estreia na Copa do Brasil nesta quarta-feira (13), às 19h30, contra oGuarany de Sobral, no Ceará, e busca ratificar um mês perfeito para o clube. A última derrota coxa-branca na temporada ocorreu há exatos 31 dias, em 13 de março, para o J. Malucelli, pelo Estadual. Depois disso, o Alviverde acumulou aproveitamento de 100% com vitórias diante de Atlético, Maringá e nos dois jogos contra o Toledo, pelas quartas de final do Paranaense.

A sequência de resultados positivos mudou definitivamente o clima dentro do Alto da Glória. De pressionado antes do Atletiba, o técnico Gilson Kleina ganhou tranquilidade para trabalhar após por ter vencido o rival na casa do adversário. De quebra, ainda viu o retorno de Kléber, o seu maior artilheiro, e a regularização dos salários atrasados melhorar ainda mais o ambiente.

O clima propiciou, inclusive, que o Coritiba fizesse um planejamento diferenciado para o confronto desta quarta-feira no Nordeste. Os principais jogadores ficaram em Curitiba e um time praticamente reserva será escalado para o confronto pelo mata-mata nacional.

 “O elenco trabalha muito, todos os jogadores são merecedores”, elogia Kleina. “A gente confia que todos podem desempenhar um bom papel na equipe”, acrescenta o comandante alviverde.

Caso vença por dois ou mais gols de diferença, o Coxa se classifica sem a necessidade do jogo de volta. Porém, o treinador prega cautela, apesar da boa fase que o time vive nas últimas semanas.

“Passamos para os jogadores o que significa a Copa do Brasil e o que significa o Paranaense. Ainda não ganhamos nada”, alerta. “Subir um degrau de cada vez nos motiva, dá confiança e moral para seguirmos trabalhando”, afirma Kleina.

Fonte: GAzetadoPovo

Related Posts

Facebook Comments