Derrota em cima de derrota

Derrota em cima de derrota

Em situação cada vez mais crítica, o Paraná aumentou ainda mais o drama que vive na Série B ao ser goleado por 4 a 1 pelo Vitória, nesta terça-feira (1), na Vila Capanema, com direito a gol contra. Novamente sem representar perigo algum ao adversário, o Tricolor confirmou sua quinta derrota consecutiva, de uma sequência de sete jogos sem vencer. O técnico Rogério Micale, com seis duelos até aqui, segue zerado na função e muito pressionado.

Em queda livre na tabela, o time paranista – que chegou a ser líder em quatro rodadas no primeiro turno – é o 15º e está apenas a cinco pontos da zona de rebaixamento. O próximo compromisso será diante da Ponte Preta, na sexta-feira (4), às 21h30, no Moisés Lucarelli.

Recuperados da Covid-19, retornaram entre os titulares o zagueiro Philipe Maia e o volante Higor Meritão, mas os reforços não foram suficiente para mudar a história da equipe.

Não demorou muito para que o Paraná levasse o primeiro gol do Vitória, que veio aos 21 minutos do primeiro tempo. Após entrada perigosa de Higor Meritão em Lucas Cândido, o árbitro mostrou amarelo para o jogador do Paraná e assinalou falta. Vico foi para a cobrança e mandou um chute forte, sem chances para Filipe.

Apesar de criar mais chances no segundo tempo, algumas delas com Andrey e Renan Bressan, o Tricolor finalizou mal nas oportunidades que teve e passou longe de empatar ou tentar a virada.

Pelo contrário, viu o adversário, que não tinha sequer uma vitória como visitante na Série B, crescer em campo.

O Vitória soube aproveitar a fragilidade paranista. Aos 23, Léo Ceará foi derrubado por Philipe Maia na entrada da área e o árbitro entendeu que foi pênalti. O próprio Léo Ceará foi para a cobrança, mandou no canto direito de Filipe e ampliou.

O Paraná não teve tempo de se recuperar do baque. Aos 25, Lucas Cândido chutou da esquerda, a bola desviou em Jean Victor e entrou.

No final, o Tricolor até descontou. Aos 41, Léo Castro foi lançado pela esquerda, dominou e rolou para Vitinho, de primeira, mandar para as redes. Mas já era tarde para uma reação e ainda acabou virando uma goleada.

Já nos acréscimos, Léo Ceará recebeu dentro da área e, livre, teve tempo de dominar e chutar cruzado, fazendo um golaço e definindo o placar em 4 a 1.

Ficha técnica
SÉRIE B
25ª rodada
01/12/2020

PARANÁ 1×4 VITÓRIA

Paraná: Filipe Santos; Paulo Henrique (Kaio), Philipe Maia, Fabrício e Jean Victor; Karl, Higor Meritão (Luan), Renan Bressan (Vitinho) e Thiago Alves; Wandson (Andrey) e Matheus Matias(Léo Castro).
Técnico: Rogério Micale.

Vitória: Ronaldo; Van (Jonathan Bocão), João Victor, Wallace (Mateus Moraes) e Leocovick; Guilherme Rend (Fernando Neto), Lucas Cândido, Frizzo e Thiago Lopes (Mateusinho); Vico e Léo Ceará.
Técnico: Rodrigo Chagas.

Local: Vila Capanema
Árbitro: Tiago Nascimento dos Santos (PE)
Assistentes: Ricardo Bezerra Chianca (PE) e José Daniel Torres de Araujo (PE)
Gols: Vico, 21 do 1º, Léo Ceará, 24 e 46, Jean Victor (contra), 25, e Vitinho, 41 do 2º
Cartões amarelos: Higor Meritão, Jean Victor, Fabrício, Philipe Maia, Andrey, Thiago Alves (PRC); Guilherme Rend, Léo Ceará (VIT)

Related Posts

Facebook Comments