Dupla catarinense confirma participação na Cascavel de Ouro

Segundo colocado na corrida de 2016, em que formou dupla com Davi dal Pizzol, o catarinense Gustavo Magnabosco anunciou novo parceiro para a edição que marca os 50 anos de história da Cascavel de Ouro. Ele vai disputar o prêmio de R$ 100 mil oferecido na corrida de 5 de novembro no Autódromo Internacional Zilmar Beux revezando a pilotagem do VW Gol número 33 da Peim Competições com seu conterrâneo Eduardo Berlanda.

Representante da cidade de Catanduva, Magnabosco fez sua estreia na Cascavel de Ouro na edição de 2015, ao lado de Berlanda e Fausto de Lucca. O trio abandonou a disputa na 82ª das 162 voltas, por conta de um acidente. A corrida do ano passado marcou o primeiro pódio do tricampeão paranaense de Marcas & Pilotos, na conquista da segunda colocação ao lado de Dal Pizzol. Berlanda, de Florianópolis, fará neste ano sua segunda participação.

Preparando-se para sua terceira participação, Magnabosco frisa o nível que a Cascavel de Ouro alcança. “Teremos grandes nomes nacionais, vários pilotos da Stock Car e muitos pilotos de fora do Paraná. É uma prova que vem crescendo muito, até pela premiação deste ano a gente vê que está tomando uma proporção que muitos campeonatos ainda não tem”, observa. “Estratégia é fundamental, e os pilotos precisam ter um ritmo bem próximo, também”.

Para Berlanda, o convite do conterrâneo foi “um prêmio”. “Fico feliz por voltar à Cascavel de Ouro, em meio a tantos pilotos bons e de renome. Ainda mais por correr com o Gustavo, um grande amigo e ótimo piloto. Já dividimos carros, já disputamos curvas, sempre deu tudo muito certo”, enaltece. “É minha primeira corrida na equipe do Sérgio Peim, um dos desafios vai ser entender o funcionamento da equipe e corresponder com a expectativa deles”, diz.

Gustavo Magnabosco conquistou seu primeiro título em 2009, correndo de autocross no Campeonato Catarinense de Velocidade na Terra, em que foi vice-campeão da categoria Marcas N no ano seguinte. No asfalto, é tricampeão paranaense de Marcas & Pilotos, detendo os títulos de 2011, 2013 e 2016 – os mesmos anos em que se sagrou campeão no Metropolitano de Curitiba. Atuou na Fórmula Truck entre 2014 e 2016, figurando duas vezes no pódio.

Eduardo Berlanda iniciou sua carreira no kart, conquistando três títulos na Copa Oeste. Na terra, foi vice-campeão catarinense de Marcas N em 2004, campeão de Marcas B em 2005 e de Marcas A em 2006. Em 2005, venceu as 500 Milhas de Londrina na categoria Marcas. Atuou na Stock Car Light de 2007 a 2009 e foi bicampeão metropolitano da Omega Turismo 5000 de Curitiba em 2012 e 2013. No ano passado, foi campeão da Sprint Race Brasil.

A PROVA
A Cascavel de Ouro mantém o formato praticado desde 2014, levando à pista carros da categoria Marcas & Pilotos 1.6 configurados pelo regulamento técnico do Campeonato Paranaense de Automobilismo. A corrida terá duração de três horas, admitindo atuação dos pilotos em duplas ou trios. Haverá três pit stops obrigatórios para troca de pilotos, com duração mínima de quatro minutos determinada pelos padrões de segurança das provas de longa duração.

A taxa de inscrição na Cascavel de Ouro é fixada por carro, tendo valor igual para duplas e trios de pilotos. As inscrições efetuadas até 31 de agosto terão custo de R$ 3.500,00. Para as confirmações feitas entre os dias 1º e 30 de setembro o valor será de R$ 4.000,00. A partir de 1º de outubro a taxa será de R$ 4.500,00 por carro. Mais informações a respeito de inscrições podem ser solicitadas por e-mail, para o endereço cascaveldeouro2017@gmail.com.

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *