Empate com sabor amargo

Empate com sabor amargo

Faltou pouco para a Copagril voltar a vencer na Liga Nacional. Neste sábado (22), no ginásio Estener Soratto, o time rondonense chegou a abrir 5 a 2 no placar, mas cedeu o empate para o Tubarão (SC) por 5 a 5 e deixar uma grande chance de subir na classificação. No momento, o time de Marechal Rondon ocupa a 13ª colocação, com 10 pontos.

O jogo

Mesmo fora de casa, foi a Copagril quem começou pressionando. Com apenas 20 segundos de jogo, Vilela carimbou a trave. Aos 4’, foi a vez de Suelton acertar o travessão de Henrique. Melhor em quadra, a Copagril abriu o marcador aos 10’20’’. Bruno Petry recebeu de Pixote na linha de fundo e tocou para dentro da área. Dieguinho falhou e Grillo, mesmo chutando fraco, conseguiu superar Henrique: 1 a 0. A vantagem, porém, durou pouco. Aos 11’44’’, Serginho cobrou escanteio e Pakito apareceu na área para conferir. A virada veio na sequência, aos 12’25’’, com Ronaldo, que passou por Biel e tocou na saída de Rennan. Depois disso a primeira etapa foi só da Copagril. Primeiro, Vilela mandou uma bomba no travessão. Aos 15’02’’, Biel precisou finalizar duas vezes para deixar tudo igual: 2 a 2. Cinquenta segundos depois, Well, recuperado de lesão no tornozelo, fez ótimo passe para Pixote tocar com categoria na saída de Henrique para recolocar os rondonenses na frente. Aos 18’56’’, ainda deu tempo para Jamur empurrar para a rede após desvio de Jedi em lançamento de Rennan que tirou o goleiro catarinense da jogada: 4 a 2.

Após o intervalo o time da casa voltou com tudo e acerou o travessão logo com 25 segundos com Serginho, mas quem voltou a marcar foi a Copagril. Aos 6’46’’, Suelton tentou o passe para Eduardo Jabá, mas Ferrugem cortou com a mão dentro da área. Pênalti que Bruno Petry cobrou firme para fazer 5 a 2. Depois disso o Tubarão passou a atuar com o oleiro reserva Marcinho adiantado, e a mudança surtiu efeito. Aos 10’11’’, Rodriguinho fez grande jogada individual e acertou o canto direito de Rennan para descontar. Aos 11’39’’, Serginho emendou de primeira o passe preciso de Marcinho e fez um golaço: 5 a 4. Aos 15’, o Tubarão quase chegou ao empate, mas Ronaldo, livre na segunda trave, errou o alvo e perdeu uma chance incrível. Na melhor chance que a Copagril teve para garantir a vitória no contra-ataque, Eduardo Jabá adiantou demais e permitiu o corte de Marcinho. O castigo veio a apenas 46 segundos do fim, quando o Tubarão, que neste momento atuava com Julio como goleiro-linha, chegou ao empate com Pakito, completando na segunda trave a ótima troca de passes no ataque.

O próximo compromisso da Copagril na Liga Nacional será sexta-feira (28), às 19h30, contra o Pato Futsal, no ginásio Ney Braga. Antes, na terça-feira (25), os rondonenses recebem Matelândia, às 19h30, pela Chave Ouro.

Foto:Iulli Ribeiro
TExto: Olho na Bola

Related Posts

Facebook Comments