Empate e queda na tabela

O Paraná arrancou um empate sem gols contra o Internacional, nesta terça-feira (20), em pleno Beira-Rio. A partida era válida pela 9ª rodada da Série B do Brasileirão. Apesar do resultado teoricamente bom, o Paraná caiu na tabela. O time, que estava em 6º lugar antes do início da rodada, caiu para a 8ª posição, agora com 13 pontos.

O jogo desta terça-feira em Porto Alegre era, em tese, o mais difícil do Paraná na Série B. O Internacional é o time de mais tradição e maior poder financeiro da competição. Além disso, jogava em casa.

TABELA

O Paraná Clube volta a campo nesta sexta-feira (23), às 21h45. Enfrenta o Criciúma, em Santa Catarina.

ESCALAÇÃO

O time do Paraná escalado diante do Inter era praticamente o mesmo da partida anterior, com exceção de uma posição. Renatinho, mesmo sem estar 100% recuperado de lesão no joelho direito, foi escalado como titular. Isso porque o time paranaense não podia contar com Guilherme Biteco, que sofreu ruptura no tendão de Aquiles e ficará pelo menos três meses de fora.

PRIMEIRO TEMPO

O Paraná estava armado num 4-2-3-1 para atacar e defendia com duas linhas de quatro. A ideia era marcar no campo de defesa para roubar a bola e tentar contra-ataques. A segunda parte não deu certo, mesmo porque houve muitos lançamentos errados. Mas a primeira funcionou bem. O time não teve dificuldade para segurar um rival lento na transição da bola. Tanto que o único susto sofrido pelo time paranaense ocorreu por causa de um passe errado na defesa – Igor cortou a jogada na hora H. O primeiro tempo terminou com duas finalizações de cada lado, todas para fora.

SEGUNDO TEMPO

O Paraná voltou a campo sem alterações. O Inter, ao contrário, trocou o lateral Ceará (ex-Coritiba) por Valdemir e o atacante Nico Lopez por Brenner. Aos 7 minutos, o time gaúcho foi forçado a executar a última alteração permitida. Eduardo Sasha sentiu uma lesão no joelho direito, após dividida com Leandro Vilela, e teve que sair. Deu lugar a Marcelo Cirino (ex-Atlético).

Aos 13 minutos, o técnico do Paraná, Cristian de Souza, fez uma mudança já programada: a saída de Renatinho, para evitar mais desgaste. O volante Luiz Otávio foi a campo. O time ficou ainda mais fechado na marcação. Apesar disso, começou a sofrer cruzamentos para a área. E, em um deles, Eduardo Brock quase marcou um gol contra, de cabeça. A bola saiu rente à trave.

Aos 27 minutos, Souza trocou Felipe Alves por Rafhael Lucas no ataque. Em seguida, um lance polêmico: Robson caiu na área ao passar por Danilo Silva. Na confusão, Gabriel Dias mandou para dentro. O árbitro anulou o lance, marcando simulação de Robson, e deu-lhe cartão amarelo. Aos 32, Brock cobrou falta e exigiu a primeira defesa de um goleiro – no caso, Danilo Fernandes – em toda a partida.

Souza fez a última troca aos 41 minutos, ao colocar o volante Jhony em lugar do meia Minho. Aos 44, Robson cobrou falta e quase marcou, mas parou no goleiro do Inter. O segundo tempo se encerrou sem que o time gaúcho tivesse finalizado uma só vez na etapa. O Paraná teve quatro (duas certas e uma bloqueada).

ESTATÍSTICAS

Nos 90 minutos, o Paraná teve 43% de posse de bola, seis finalizações (duas certas e uma bloqueada) e 80% de eficiência nos passes. O Internacional foi superior em posse de bola (57X%) e em acerto nos passes (88%), segundo o Footstats. Mas teve menos finalizações (duas, ambas para fora).

 

INTERNACIONAL 0 x 0 PARANÁ

Internacional

Danilo Fernandes; Ceará (Valdemir), Danilo Silva, Klaus e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Fabinho, Uendel, D’Alessandro e Eduardo Sasha (Marcelo Cirino); Nico López (Brenner). Técnico: Guto Ferreira.

Paraná

Richard; Cristovam, Rayan, Eduardo Brock e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias, Robson, Renatinho (Luiz Otávio) e Minho (Jhony); Felipe Alves (Rafhael Lucas). Técnico: Cristian de Souza.

Cartões amarelos: Klaus, Uendel, Cristovam, Felipe Alves, D’Alessandro, Robson, Rodrigo Dourado

Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão

Público: 10.661 (pagante), 12.137 (total)

Renda: R$ 191.930

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, terça-feira

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *