O Atlético Paranaense perdeu por 2 a 1 para o Botafogo, nessa quarta-feira (dia 25) à noite, em Juiz de Fora (MG), pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou em último lugar na classificação. É o lanterna, com apenas um ponto. A equipe carioca está na 9ª colocação, com quatro pontos.

O técnico Paulo Autuori completou 18 jogos no comando do Atlético, agora com 8 vitórias, 4 empates e 6 derrotas.

O gol do Atlético foi marcado pelo meia Vinícius, que segue como vice-artilheiro do time em 2016, com seis gols. O goleador é André Lima, com nove gols.

No total dos 90 minutos, o Atlético-PR teve 64% de posse de bola, 15 finalizações (6 certas), 91% de precisão nos passes e 5 escanteios. O Botafogo somou 10 finalizações (4 certas), 89% nos passes e 3 escanteios. Os dados são do Footstats.

O Atlético dominou a partida e criou mais chances, mas abusou dos erros individuais em todos os setores (defesa, meio-campo e ataque).

Na partida, o Atlético não tinha o zagueiro Paulo André, lesionado. O volante Deivid não foi relacionado para o jogo. A escalação foi a mesma da última rodada, com Walter no banco e André Lima como titular.

O primeiro tempo teve domínio do Atlético, que pressionou o adversário e criou quatro boas jogadas ofensivas. No entanto, em uma falha geral do sistema defensivo, deixou o Botafogo marcar em contra-ataque. Victor Luis ficou livre para dar passe em profundidade. A linha de impedimento falhou e Ribamar partiu livre para fazer 1 a 0.

No intervalo, entrou o meia Vinícius no lugar de Pablo. O Atlético seguiu dominando e chegou ao empate aos 12. Depois de escanteio, Thiago Heleno ajeitou para Vinícius, que chutou forte e fez 1 a 1.

Depois do gol, o Botafogo partiu para o ataque e encontrou facilidade, principalmente aproveitando os diversos erros do Atlético. Aos 25, saiu o atacante André Lima e entrou Walter.

O gol do Botafogo veio aos 27. Otávio perdeu a bola no meio. Salgueiro avançou e rolou para Neilton marcar.

Aos 32, entrou o atacante Anderson Lopes no lugar do meia Nikão. Não adiantou. O Atlético pouco atacou depois disso e o Botafogo ainda levou perigo em contra-ataques.

BOTAFOGO 2 x 1 ATLÉTICO
Botafogo: Helton Leite, Luis Ricardo, Emerson Santos, Emerson Silva e Victor Luis; Rodrigo Lindoso (Marquinhos), Bruno Silva e Salgueiro (Nunes); Gegê (Neilton), Fernandes e Ribamar. Técnico: Ricardo Gomes
Atlético: Weverton; Eduardo, Cleberson, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani, Nikão (Anderson Lopes), Pablo (Vinícius) e Ewandro; André Lima (Walter). Técnico: Paulo Autuori
Gol: Ribamar (17-1º), Vinícius (12-2º) e Neilton (27-2º)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Cartões amarelos: Eduardo, Hernani (A). Salgueiro, Ribamar (B).
Público: 4.384 pagantes (4.445 total)
Renda: R$ 115.520,00
Local: Estádio Mario Helênio, em Juiz de Fora (MG)

Related Posts

Facebook Comments