Londrina e Parauapebas decidem nesta quarta-feira uma vaga na segunda fase da Copa do Brasil. Em vantagem após vencer o jogo de ida, no Pará, por 1 a 0, o Tubarão aposta no fator casa para avançar na competição. Com apenas duas vitórias no ano, o Pebas tenta surpreender e espantar a má fase. A partida será disputada no estádio Vitorino Gonçalves Dias (VGD), em Londrina, às 19h30 (de Brasília).

Dividindo as atenções entre a Copa do Brasil e o Campeonato Paranaense, onde disputa as quartas de final, o Londrina deve poupar metade dos titulares para o confronto desta quarta (no jogo de ida, o time mandou apenas os reservas). O técnico Claudio Tencati deve fazer pelo menos cinco mudanças na equipe, pensando na partida contra o Atlético-PR, no domingo, pelo estadual.

O Parauapebas chega para encarar o Londrina em um clima complicado. A diretoria anunciou na terça-feira a dispensa de quatro jogadores: o zagueiro Ronalth, o meia Juninho e o atacante Danúbio, por indisciplina, e o atacante Aru, por questões técnicas. Além disso, o time não vai bem no estadual. Após ficar fora das finais do primeiro turno, o Pebas está na terceira posição do grupo A1, com cinco pontos, e precisa vencer na última rodada para conseguir avançar no Paraense.

Com o resultado positivo no jogo de ida, o Londrina precisa manter a invencibilidade como mandante em 2016 – foram sete jogos, com cinco vitórias e dois empates, sendo que no VGD foram quatro partidas, com duas vitórias e dois empates. O Tubarão garante a vaga em caso de empate ou vitória. Se o Parauapebas vencer por 1 a 0, leva a decisão para os pênaltis. Caso ganhe por qualquer outro resultado, estará classificado.

Confira também
Tabela completa da Copa do Brasil

A partida terá a arbitragem de Ronan Marques da Rosa, de Santa Catarinense, auxiliado por Miguel Caetano Ribeiro da Costa e Fábio Rogério Baesteiro, ambos de São Paulo. O jogo será acompanhado pelo Tempo Real do GloboEsporte.com.

HEADER escalacoes 690 (Foto: Infoesporte)

 

Londrina: o técnico Claudio Tencati sinalizou que deve ir mesmo com um time misto para a partida contra o Parauapebas. Pelo menos cinco jogadores vão ser poupados: o goleiro Marcelo Rangel, os volantes Diogo Roque e Germano, o meia Zé Rafael e o atacante Bruno Batata. Além disso, o também atacante Paulinho Moccelin também pode ficar fora. Por outro lado, Keirrison pode fazer a primeira partida como titular, enquanto o experiente atacante Itamar, oficializado como reforço na terça-feira, fica como opção no banco. Com isso, o provável time titular é formado por Vitor; Raí Ramos, Luizão, Matheus e Paulinho; Silvio, Bidía, Rafael Gava e Netinho; Keirrison (Paulinho Moccelin) e Wellisson.

Parauapebas: o técnico Sinomar Naves deve escalar um time muito parecido com o que perdeu no jogo de ida para o Londrina, por 1 a 0. As mudanças são a ida de Eder na lateral-esquerda, com Matheus Moreno entrando no meio, e Souza assumindo o lugar que foi ocupado por Danúbio, dispensado pela diretoria. Assim, o provável time titular é Maycki Douglas; João Rodrigo, Airton Júnior, Yuri e Eder; Anderson Pedra, Bruno Potyguar, Matheus Moreno e Fininho; Magno Ribeiro e Souza.

HEADER quem esta fora 690 (Foto: Infoesporte)

Londrina: o lateral-direito Romário e os volantes Anderson, Paulo e Jumar se recuperam de contusão e estão fora. O goleiro Marcelo Rangel sentiu um incômodo muscular na coxa e será poupado.

Parauapebas: ninguém.

Related Posts

Facebook Comments