O Londrina fez as pazes com a torcida ontem a noite e se reabilitou na Série B com uma vitória diante do Bragantino por 2 a 0, no Estádio do Café. O Tubarão voltou a ganhar em casa após mais de um mês e se recuperou dos dois últimos tropeços.
Keirrison e Luizão garantiram o triunfo alviceleste, que fecha o primeiro turno com 28 pontos. O Brasileiro será paralisado por 15 dias e o LEC volta a campo no dia 20, contra o CRB, em Maceió. O Braga parou nos 20 pontos e enfrenta, no dia 19, o Vila Nova, em Bragança Paulista.
Há muito tempo o Londrina não jogava como um verdadeiro mandante no Estádio do Café com o azul e branco na camisa. O alviceleste pressionou o Bragantino desde o início e com 26 minutos já vencia por 2 a 0. O primeiro lance de perigo veio logo aos dois minutos. Keirrison sofreu falta na entrada da área, que Rafael Gava bateu por cima.
Aos seis saiu o gol do K99. Jô e Igor Bosel fizeram boa jogada pela direita e o lateral cruzou a meia altura. O goleiro Felipe, ex-Corinthians e Flamengo, se confundiu no lance com o zagueiro Eder Lima e a bola sobrou para o artilheiro marcar o seu sexto gol na Série B. O sétimo na temporada.
O LEC manteve o controle da partida e o Braga mostrou muitas deficiências ofensivas e não incomodou a defesa alviceleste. O segundo gol teve participação decisiva de Paulinho. O lateral acreditou em uma bola quase perdida, ganhou a dividida e conseguiu o escanteio.
Ele mesmo cobrou para o gol de Luizão. O zagueiro acertou um verdadeiro tiro de cabeça e comemorou o seu primeiro tento no Brasileiro. O time saiu aplaudido para o intervalo, situação que há muito tempo também não acontecia.
O conforto no placar fez com que o Londrina se acomodasse no segundo tempo. O time voltou irreconhecível e só foi incomodar o goleiro Felipe aos 42 minutos em um chute de fora da área de Bruno Batata.
Apesar dos 2 a 0, o alviceleste se mostrou nervoso em campo e, por pouco, Marcelo não tomou um frango, quando a bola ia passando por entre as suas pernas. O goleiro conseguiu se recuperar e evitou o gol. Mesmo com as alterações – entraram Bruno Batata, Rondinelly e Safira – o time não melhorou.
Por sorte o Bragantino mostrou deficiências nas finalizações e o Londrina conseguiu se segurar até o final. Foi a primeira vez que o time ganhou por dois gols de diferença na Série B e agora terá tranquilidade até o retorno da competição, em uma posição intermediária na classificação e longe dos últimos colocados.

Em Londrina

Londrina: Marcelo; Igor Bosel, Luizão, Everton Sena e Paulinho. Germano, Anderson, Rafael Gava e Zé Rafael (Rondinelly). Jô (Bruno Batata) e Keirrison (Safira). Técnico: Claudio Tencati

Bragantino: Felipe; Alemão, Ednei, Éder Lima e Bruno Pacheco. Daniel Pereira, André Rocha, Rivaldo e Tartá (Erik Mamadeira). Erick (Watson) e Eliandro (Jobinho). Técnico: Sidnei Perico (interino)

Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva

Renda: R$ 46.914,00 / Público Pagante: 3.146 (Público Total: 3.561)

Gols: Keirrison, aos seis, e Luizão, aos 26 minutos do primeiro tempo

Local: Estádio do Café

Lucio Flávio Cruz

Related Posts

Facebook Comments