Londrina passa pelo Flu

O Londrina manteve o 100% de aproveitamento na Copa da Primeira Liga ao vencer o Fluminense por 2 a 0, na noite de quarta-feira (30), no estádio do Café, e garantiu a classificação para a semifinal da competição. A noite foi do centroavante Carlos Henrique que marcou os dois gols do alviceleste.

Muito mais interessado no torneio, o LEC foi melhor durante os 90 minutos e não deu chances para o adversário, que preferiu deixar parte dos seus titulares descansando no Rio de Janeiro. O Tubarão encara o Cruzeiro na semifinal. A decisão será no Café.

O primeiro tempo demorou para engrenar. O Londrina tinha posse de bola, mas produzia pouco ofensivamente. O Fluminense, com um time misto, assustou aos 15 minutos, após boa cabeçada do zagueiro Henrique, que passou a direita do gol alviceleste.

Com uma formação com três volantes, o LEC trocava muitos passes e tentou duas finalizações de longe em chutes de Germano e Carlos Henrique, sem perigo. A jogada mais clara foi criada por Marcos Júnior e após o cruzamento da direita os atacantes Peu e Pedro furaram com o gol vazio.

A torcida já começava a reclamar da passividade da partida quando saiu o gol alviceleste aos 41 minutos. Em ótima jogada individual, Celsinho deixou Carlos Henrique na cara do gol. O centroavante dividiu com o goleiro Júlio César e a bola sobrou limpa para o atacante estufar a rede. Na comemoração, Celsinho foi na torcida e pediu silêncio, colocando o dedo indicador na boca.

O Fluminense voltou bem mais ofensivo para o segundo tempo e o técnico Abel Braga chegou a colocar cinco atacantes em campo, mas o Londrina sempre foi mais perigoso nos contra-ataques. Apesar da pressão tricolor, a defesa do Londrina se comportou muito bem e o goleiro César pouco trabalhou. O gol do alívio veio aos 33 minutos. Patrick Vieira, que havia entrado no lugar de Celsinho, que saiu aplaudido pela torcida, cobrou escanteio na primeira trave e Germano desviou de cabeça.

A bola passou por baixo do goleiro Júlio César e, praticamente, em cima da linha o centroavante Carlos Henrique completou para o gol e fez a festa da galera alviceleste no Café. No fim, o LEC esteve bem mais perto do terceiro gol e a galera gritou olé.

DESLIGAMENTO
O atacante Anderson Aquino não vai seguir no Londrina no restante da Série B. O jogador comunicou a diretoria que vai permanecer em Curitiba para cuidar do filho que está internado. Aquino foi liberado pelo clube desde a semana passada para acompanhar o filho de quatro anos. O clube promete ir em busca de um novo atacante para a sequência do Brasileiro.

Em Londrina:

Londrina: César; Reginaldo, Édson Silva, Dirceu e Ayrton. Germano, Romulo (Bidía), Jardel e Celsinho (Patrick Vieira). Artur e Carlos Henrique (Safira). Técnico: Claudio Tencati

Fluminense: Júlio César; Matheus Alessandro (Robert), Renato Chaves, Henrique e Marlon. Marlon Freitas (Luquinhas), Wendel e Sornoza (Romarinho). Marcos Júnior, Pedro e Peu. Técnico: Abel Braga

Gols: Carlos Henrique, aos 41 minutos do primeiro e aos 33 minutos do segundo tempo

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves (RS)

Renda: R$ 66.432,00 Público Pagante: 2.966 (Total: 3.376)

Local: Estádio do Café

Posted in:
About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *