Classificado com emoção

O Paraná Clube está na semifinal da Primeira Liga. A vaga foi garantida com vitória nos pênaltis, por 5 a 4, sobre o Flamengo, nessa quarta-feira (dia 30) à noite, em Cariacica (ES), pelas quartas de final da Primeira Liga. A fase é disputada em jogo único. No tempo normal, o jogo terminou com o placar de 1 a 1. O mando de campo era do time carioca, por ter terminado a primeira fase em primeiro lugar no seu grupo. O Paraná ficou em segundo lugar no seu grupo.

Na semifinal, o Paraná vai enfrentar o Atlético-MG, que eliminou o Internacional. A disputa também será em jogo único, no próximo sábado (dia 2), com mando de campo do time mineiro, que teve melhor campanha na primeira fase. A outra semifinal será entre Londrina e Cruzeiro.

Nos pênaltis, converteram para o Paraná: Renatinho, Leandro Vilela, Brock, Alemão e Vitor Feijão. Só Murilo Rangel errou, chutando na trave. Para o Flamengo, acertaram Rafael Vaz, Gabriel, Conca, Everton Ribeiro. Richard defendeu as cobranças de Vinícius Junior e Paquetá.

ARBITRAGEM
Aos 16 do 2º, quando o placar estava 0 a 0, o árbitro marcou pênalti para o Flamengo. No lance, a bola chegou a tocar no braço de Igor. No entanto, o braço estava ‘colado’ ao corpo. Os jogadores do Paraná ficaram revoltados com a arbitragem.

TIME DE PRIMEIRA
Em 2017, o time paranaense enfrentou 11 adversários da Série A e soma bom retrospecto: cinco vitórias, três empates e três derrotas.

COTA DE TV
O Paraná já acumulou R$ 1,2 milhão de cotas de TV na Primeira Liga (R$ 600 mil pela primeira fase, R$ 200 mil pelas quartas de final e R$ 400 mil pela semifinal).

ARTILHEIRO
O gol do Paraná foi marcado pelo meia Renatinho, em cobrança de falta. Ele segue como artilheiro do time na temporada, com 16 gols em 38 jogos.

TÉCNICO
O técnico Lisca chegou a oito jogos no comando do Paraná, com quatro vitórias, três empates e uma derrota.

ESCALAÇÕES
O Paraná só teve uma mudança em relação ao último jogo: a entrada do ponta Minho no lugar do meia João Pedro. Outra alteração no esquema tático. Saiu o 4-2-3-1, usado na maioria dos jogos do ano, e entrou o 4-1-4-1. Leandro Vilela era o único volante. Renatinho e Gabriel Dias jogaram como meias centralizados. O Flamengo usou a equipe reserva.

LESÃO
O ponta Minho saiu lesionado já aos 11 minutos de jogo. No lugar dele, entrou outro ponta velocista, Vinícius Kiss.

PRIMEIRO TEMPO
O Flamengo teve facilidade para controlar o jogo no início e para atacar pelas pontas. Geuvânio e Vinícius Junior levaram a melhor no duelo contra Cristovam e Igor. O Paraná ficou recuado e não conseguiu contra-atacar. Depois, o time paranaense melhorou a marcação e anulou as principais jogadas do adversário. Com a bola, porém, errou muitos passes e quase não criou. No total, o primeiro tempo só teve três boas jogadas ofensivas: duas do Flamengo e uma do Paraná.

SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo foi mais equilibrado. O Flamengo levou algum perigo em jogadas individuais, mas não conseguiu pressionar o adversário. O Paraná era eficiente na marcação e, com bola, pouco atacou. Aos 16, o árbitro marcou pênalti para o time carioca. Everton Ribeiro converteu e fez 1 a 0. Aos 20, Renatinho soltou uma bomba em cobrança de falta e empatou: 1 a 1.

MUDANÇAS NO FIM
Aos 33, o ponta Robson saiu lesionado. Entrou o meia Murilo Rangel, que ficou centralizado. Com isso, Renatinho passou a jogar como “extremo”, pelo lado do campo. O esquema seguiu o 4-1-4-1. Aos 41, saiu Vinícius Kiss e entrou o ponta Vitor Feijão.

FLAMENGO 1 X 1 PARANÁ, nos pênaltis 4×5
Flamengo: Muralha; Gabriel, Léo Duarte (Thuler), Rafael Vaz e Klebinho; Márcio Araújo, Rômulo e Everton Ribeiro; Geuvânio (Conca), Vinicius Júnior e Felipe Vizeu (Lucas Paquetá). Técnico: Reinaldo Rueda
Paraná: Richard; Cristovam, Brock, Maidana e Igor; Gabriel Dias, Leandro Vilela, Robson (Murilo Rangel), Renatinho e Minho (Vinícius Kiss, depois Vitor Feijão); Alemão. Técnico: Lisca
Gols: Everton Ribeiro (16-2º) e Renatinho (20-2º)
Cartões amarelos: Maidana, Igor (P).
Árbitro: Renato Cardoso da Conceição (MG)
Público: 9.834 total
Renda: R$ 344.860,00
Local: Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, quarta-feira às 21h45

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *