Sprint Race tem prova no VeloCittà

A Sprint Race Brasil desembarca nos dias 22 a 24 de setembro, em uma nova pista, que compõe o calendário deste ano – o Velo Città, com a disputa da sexta etapa. O Autódromo Velo Città receberá duas corridas da categoria escola do automobilismo brasileiro pela primeira vez em sua história. O circuito localizado em Mogi Guaçu, a 170 quilômetros de São Paulo, será a retomada e busca de definições para os pilotos das categorias PRO e GP. Começa a reta final da temporada, restando três das oito etapas da sexta edição do campeonato, que inclui ainda o minitorneio do Final Cup e o Rookie Of The Year.

O Velo Città já foi homologado pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) e pela FIA (Federation Internationale de l’Automobileno) em 2012. Até então, o autódromo vinha recebendo somente algumas categorias nacionais e eventos particulares. O circuito será o segundo no Estado de São Paulo a receber a Sprint Race, sendo que Interlagos abriga o evento desde a sua fundação.

“Sempre buscamos inovações no calendário ano a ano. Inclusive, a intenção é de seguir o calendário da Stock Car para que já gere conhecimento da pista por parte dos pilotos que participam da temporada da Sprint e que almejam chegar às categorias de acesso à Stock”, salienta Thiago Marques, organizador da Sprint Race.

Um imenso jardim de 600 mil metros quadrados de grama, com alamedas floridas, lagos e palmeiras imperiais que recebem os visitantes com sua exuberância. Encravada em toda essa beleza, uma pista de 3.493 metros, construída sob os mais rígidos padrões de segurança. É considerado um dos autódromos mais modernos do Brasil. Situado dentro da Fazenda Paineiras, possui 14 curvas com um traçado bastante técnico, com variantes que permitem diferentes desenhos da pista.

Desde sua inauguração até os dias atuais, o Velo Città está em constante processo de expansão e inovação, com projetos voltados para segurança, ampliação, aperfeiçoamento e manutenção. Com esse intuito, foi inaugurada no início de 2015 a Curva da Caipirinha, uma variante do circuito entre as curvas 3 e 4 que deixa a volta ainda mais rápida. A inspiração veio da de uma das mais conhecidas curvas do mundo, a Eau Rouge, em Spa-Francorchamps, na Bélgica.

Dentre as principais características do circuito está o relevo bastante desafiador, com subidas e descidas, e um traçado que traz características de diversas pistas ao redor do mundo, com trechos velozes em duas grandes retas, e setores mais dinâmicos, onde a técnica e a perícia de cada piloto são determinantes.

O traçado destinado para a Sprint Race terá 3.438 metros de extensão e utilizará a “nova” Curva da Caipirinha e também a Ferradura, trechos disponibilizado apenas para as provas de competição que o autódromo recebe.

Além de um dos autódromos mais modernos, o complexo do Velo Città possui uma pista off-road com 2.500 metros e 18 obstáculos.

O Velo Città:

– Localização: município de Mogi Guaçu (SP)

– Inauguração oficial: julho de 2012

– Para competições oficiais – 3.438 metros de extensão: 14 curvas de alta e baixa velocidade

– Largura da pista 12 a 19 metros

– Altitude: entre 730m e 780m

– Desnível de 50 metros

– Pit lane com 160 metros de comprimento

Posted in:
About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *